Stiupb cobra de presidenciável revogação de Leis que privatizem serviços de água e esgoto

ciroDocNa carta entregue ao presidenciável Ciro Gomes, que esteve em Campina Grande, dia 18, proferindo palestra, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba, Wilton Maia Velez, cobrou que, caso o pré-candidato seja eleito, revogue Leis, Leilões, Decretos e demais atividades que visam a privatização das empresas públicas,no caso particular da Paraíba, a Cagepa.

Para o Sindicato, as empresas de Água e Esgoto devem ser públicas e estatais: “As empresas desse ramo, além de levar saúde preventiva para a população, tratam do direito ao acesso a Água potável e ao esgoto tratado que é um direito fundamental, visto que intimamente ligado ao direito à vida e a saúde está relacionado com princípio da dignidade humana, já que um leva a fruição do outro. A vida é o bem mais precioso que o homem possui e todos os elementos que a tornam possível e igualmente precioso e devem ser protegidos”, relata a carta.

Mais à frente, a entidade afirma: “O trabalho voltado para que as pessoas tenham acesso a Água e ao Esgoto tratado é uma questão de humanidade e devem ser garantido pelos entes públicos é uma necessidade vital. A criação de políticas públicas para que o fornecimento seja feito de forma igualitária é primordial. Trata-se de uma questão de estabelecimento de metas mundiais e nacionais, inclusive para o próprio Brasil, onde algumas regiões são constantemente castigas pela ausência de Água e a falta de tratamento de Esgoto”.

Wilton Maia disse que o Sindicato está vigilante quanto às iniciativas de Poderes que desejam municipalizar os serviços de água e esgotos realizados pela Cagepa em toda a Paraíba. “Participamos de Audiência Pública na Câmara de Campina Grande e com isso evitamos que a PPP fosse colocada em votação; vamos continuar mostrando que a água é um bem essencial à vida e não uma mercadoria”, enfatizou o dirigente do Stiupb.

ciroDocNa carta entregue ao presidenciável Ciro Gomes, que esteve em Campina Grande, dia 18, proferindo palestra, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba, Wilton Maia Velez, cobrou que, caso o pré-candidato seja eleito, revogue Leis, Leilões, Decretos e demais atividades que visam a privatização das empresas públicas,no caso particular da Paraíba, a Cagepa.

Para o Sindicato, as empresas de Água e Esgoto devem ser públicas e estatais: “As empresas desse ramo, além de levar saúde preventiva para a população, tratam do direito ao acesso a Água potável e ao esgoto tratado que é um direito fundamental, visto que intimamente ligado ao direito à vida e a saúde está relacionado com princípio da dignidade humana, já que um leva a fruição do outro. A vida é o bem mais precioso que o homem possui e todos os elementos que a tornam possível e igualmente precioso e devem ser protegidos”, relata a carta.

Mais à frente, a entidade afirma: “O trabalho voltado para que as pessoas tenham acesso a Água e ao Esgoto tratado é uma questão de humanidade e devem ser garantido pelos entes públicos é uma necessidade vital. A criação de políticas públicas para que o fornecimento seja feito de forma igualitária é primordial. Trata-se de uma questão de estabelecimento de metas mundiais e nacionais, inclusive para o próprio Brasil, onde algumas regiões são constantemente castigas pela ausência de Água e a falta de tratamento de Esgoto”.

Wilton Maia disse que o Sindicato está vigilante quanto às iniciativas de Poderes que desejam municipalizar os serviços de água e esgotos realizados pela Cagepa em toda a Paraíba. “Participamos de Audiência Pública na Câmara de Campina Grande e com isso evitamos que a PPP fosse colocada em votação; vamos continuar mostrando que a água é um bem essencial à vida e não uma mercadoria”, enfatizou o dirigente do Stiupb.