Queda de ônibus de precipício deixa 48 mortos no Peru

precipicioUm ônibus que levava 53 passageiros caiu de um precipício de quase 100 metros de altura e deixou ao menos 48 mortos nesta terça-feira (2) ao norte de Lima, no Peru, segundo informou o Ministério da Saúde.
O acidente ocorreu na parte da manhã na “curva do diabo” da estrada Pasamayo, que é um desvio da rota Panamericana, 45 quilômetros ao norte de Lima, na beira do Oceano Pacífico.

O ônibus havia saído da cidade de Huacho, 130 km ao norte de Lima, em direção à capital. De acordo com a agência Reuters, ele colidiu contra um caminhão e despencou.

Resgate de corpos
Segundo a agência Andina, a retirada dos corpos do local do acidente poderá levar horas, de acordo com o Comandante do Corpo de Bombeiros, Lewis Mejía. Sete feridos foram resgastados e levados para hospitaos da região.
“Os bombeiros estão usando algumas ferramentas para recuperar outros corpos que se encontram presos dentro do ônibus que ficou com os pneus para cima e o telhado esmagado”, explicou.
A agência diz ainda que o ônibus pertence à empresa San Martín de Porres de Huacho.

O presidente peruano PedroPablo Kuczynski prestou solidariedade às famílias das vítimas pelo Twitter:
“É muito doloroso para nós como país sofrer um acidente desta magnitude. Minha solidariedade profunda com a dor dos familiares”, escreveu. “Desde o primeiro momento forneci todo o apoio imediato ao resgate das vítimas nesta emergência que ocorreu no quilômetro 75 da Panamericana Norte”, acrescentou.
G1

precipicioUm ônibus que levava 53 passageiros caiu de um precipício de quase 100 metros de altura e deixou ao menos 48 mortos nesta terça-feira (2) ao norte de Lima, no Peru, segundo informou o Ministério da Saúde.
O acidente ocorreu na parte da manhã na “curva do diabo” da estrada Pasamayo, que é um desvio da rota Panamericana, 45 quilômetros ao norte de Lima, na beira do Oceano Pacífico.

O ônibus havia saído da cidade de Huacho, 130 km ao norte de Lima, em direção à capital. De acordo com a agência Reuters, ele colidiu contra um caminhão e despencou.

Resgate de corpos
Segundo a agência Andina, a retirada dos corpos do local do acidente poderá levar horas, de acordo com o Comandante do Corpo de Bombeiros, Lewis Mejía. Sete feridos foram resgastados e levados para hospitaos da região.
“Os bombeiros estão usando algumas ferramentas para recuperar outros corpos que se encontram presos dentro do ônibus que ficou com os pneus para cima e o telhado esmagado”, explicou.
A agência diz ainda que o ônibus pertence à empresa San Martín de Porres de Huacho.

O presidente peruano PedroPablo Kuczynski prestou solidariedade às famílias das vítimas pelo Twitter:
“É muito doloroso para nós como país sofrer um acidente desta magnitude. Minha solidariedade profunda com a dor dos familiares”, escreveu. “Desde o primeiro momento forneci todo o apoio imediato ao resgate das vítimas nesta emergência que ocorreu no quilômetro 75 da Panamericana Norte”, acrescentou.
G1