Suspeito de tentativa de assalto a posto troca tiros com PM e morre

Uma tentativa de assalto a um posto de combustível terminou em tiroteio na madrugada desta segunda-feira (29) em Patos, Sertão da Paraíba. Um suspeito morreu durante a troca de tiros entre policiais e assaltantes.
De acordo com informações do titular da Delegacia Seccional de Patos, George Wellington Junior, a Polícia Civil recebeu uma denúncia que o posto seria assaltado, e junto com a Polícia Militar, permaneceu no local por dois dias para aguardar que a ação dos criminosos acontecesse.
Na madrugada desta segunda, policiais perceberam a movimentação no local, cercou o posto e pediu reforços. Os suspeitos começaram a atirar contra os oficiais, que revidaram, e dois dos acusados foram atingidos. Um deles não resistiu aos ferimentos, mas o outro foi encaminhado para uma unidade hospitalar.
De acordo com o delegado, a intervenção policial evitou que R$ 30 mil fossem levados pelo grupo. Além do suspeito que veio a óbito durante a tentativa de assalto, dois homens foram presos. Eles já possuíam antecedentes criminais.
“Um dos presos é de uma família famosa em Patos por envolvimento com tráfico de drogas, ele foi preso em uma Operação desencadeada em março do ano passado”, contou.
Ainda de acordo com o delegado, o mandante do crime também já foi identificado, mas no momento não pode ser divulgado para que as investigações prossigam.
MaisPB

Uma tentativa de assalto a um posto de combustível terminou em tiroteio na madrugada desta segunda-feira (29) em Patos, Sertão da Paraíba. Um suspeito morreu durante a troca de tiros entre policiais e assaltantes.
De acordo com informações do titular da Delegacia Seccional de Patos, George Wellington Junior, a Polícia Civil recebeu uma denúncia que o posto seria assaltado, e junto com a Polícia Militar, permaneceu no local por dois dias para aguardar que a ação dos criminosos acontecesse.
Na madrugada desta segunda, policiais perceberam a movimentação no local, cercou o posto e pediu reforços. Os suspeitos começaram a atirar contra os oficiais, que revidaram, e dois dos acusados foram atingidos. Um deles não resistiu aos ferimentos, mas o outro foi encaminhado para uma unidade hospitalar.
De acordo com o delegado, a intervenção policial evitou que R$ 30 mil fossem levados pelo grupo. Além do suspeito que veio a óbito durante a tentativa de assalto, dois homens foram presos. Eles já possuíam antecedentes criminais.
“Um dos presos é de uma família famosa em Patos por envolvimento com tráfico de drogas, ele foi preso em uma Operação desencadeada em março do ano passado”, contou.
Ainda de acordo com o delegado, o mandante do crime também já foi identificado, mas no momento não pode ser divulgado para que as investigações prossigam.
MaisPB