Em Campina: Mototaxista mata a mulher e depois comete suicídio

Uma tragédia aconteceu na Rua Recife, no Conjunto Rocha Cavalcante, em Campina Grande, na manhã desta terça-feira (30/01).
Um mototaxista matou a mulher dele a tiros e depois se matou.

Tudo aconteceu por volta das 08h00 dentro da residência onde o casal morava.

Vizinhos escutaram os gritos da mulher e em seguida os disparos.
O mototaxista permissionário Lenilson Cavalcante, 44 anos, assassinou a própria esposa Maria Veríssima de Brito, de 47 anos e depois se matou.
O desespero tomou conta dos familiares.
O pai do mototaxista acredita que o filho comprou a arma recentemente com um dinheiro de um empréstimo.

O casal morava no sítio Lucas e se mudou para o Rocha Cavalcante havia um mês.
Lenilson e Veríssima estavam casados havia 14 anos e tinham uma filha de 10 anos.
De acordo com os moradores, o casal não costumava brigar. Todos ficaram surpresos com a atitude do mototaxista.
Ele pode ter surtado durante uma crise de abstinência.
Blog de Renato Diniz

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial