Belo empata no final e se mantém invicto no Campeonato Paraibano

Em um jogo emocionante, durante a tarde deste domingo de Carnaval (11), o Botafogo da Paraíba e CSP se enfrentaram no Estádio Almeidão, fechando a sétima rodada do Campeonato Paraibano. O Belo saiu na frente e acabou sofrendo uma virada do CSP. No entanto,o Botafogo-PB empatou no final do jogo com três gols de Nando, novo artilheiro do Campeonato Paraibano. A partida começou às 16h.
Durante a partida, uma briga ocorreu dentro do gramado. O zagueiro Felipe, do CSP, avançou para cima da arbitragem e a confusão se instalou, com os jogadores do CSP reclamando da arbitragem e acusando jogadores do Botafogo.
A polícia interveio e separou a confusão, mas Felipe foi expulso, mesmo após o fim do jogo. Quando os atletas do Tigre se encaminhavam para o vestiário, a torcida passou a atirar objetos no gramado, contra os jogadores do CSP e contra a arbitragem.
Porém, também tiveram motivos para comemorações, pois depois de sete jogos (contando também com as Copas do Nordeste e do Brasil), o atacante Nando voltou a marcar. Desde a segunda rodada do Paraibano, contra o mesmo CSP, que ele não balançava as redes pelo Botafogo.
Ao todo, estiveram presentes no Almeidão 2.580 torcedores. A renda total foi de R$ 35.014,00.
GE

Em um jogo emocionante, durante a tarde deste domingo de Carnaval (11), o Botafogo da Paraíba e CSP se enfrentaram no Estádio Almeidão, fechando a sétima rodada do Campeonato Paraibano. O Belo saiu na frente e acabou sofrendo uma virada do CSP. No entanto,o Botafogo-PB empatou no final do jogo com três gols de Nando, novo artilheiro do Campeonato Paraibano. A partida começou às 16h.
Durante a partida, uma briga ocorreu dentro do gramado. O zagueiro Felipe, do CSP, avançou para cima da arbitragem e a confusão se instalou, com os jogadores do CSP reclamando da arbitragem e acusando jogadores do Botafogo.
A polícia interveio e separou a confusão, mas Felipe foi expulso, mesmo após o fim do jogo. Quando os atletas do Tigre se encaminhavam para o vestiário, a torcida passou a atirar objetos no gramado, contra os jogadores do CSP e contra a arbitragem.
Porém, também tiveram motivos para comemorações, pois depois de sete jogos (contando também com as Copas do Nordeste e do Brasil), o atacante Nando voltou a marcar. Desde a segunda rodada do Paraibano, contra o mesmo CSP, que ele não balançava as redes pelo Botafogo.
Ao todo, estiveram presentes no Almeidão 2.580 torcedores. A renda total foi de R$ 35.014,00.
GE