Avião pousa para retirar passageiro com flatulência

Um piloto decidiu fazer um pouso de emergência porque um passageiro estava com gases e se recusou a parar de soltá-los. O caso aconteceu durante um voo da Transavia, que ia de Dubai, nos Emirados Árabes, para Amsterdã, na Holanda.
Um passageiro reclamou aos comissários de bordo sobre o comportamento de seu companheiro de poltrona e a tripulação pediu para que o homem parasse com a flatulência. Como ele continuou soltando os gases, os comissários avisaram o piloto, que decidiu pousar em Viena, na Áustria, antes de seguir para o destino.
Oficiais do aeroporto entraram na aeronave com cães e retiraram o homem do local. Segundo o jornal Daily Mirror, um policial disse que, além dos gases, o homem havia começado uma briga com outros passageiros.
Ainda segundo o jornal, a Transavia confirmou o fato e disse que “os comissários são treinados para assegurar um voo seguro a todos os passageiros”.
Estadão

Um piloto decidiu fazer um pouso de emergência porque um passageiro estava com gases e se recusou a parar de soltá-los. O caso aconteceu durante um voo da Transavia, que ia de Dubai, nos Emirados Árabes, para Amsterdã, na Holanda.
Um passageiro reclamou aos comissários de bordo sobre o comportamento de seu companheiro de poltrona e a tripulação pediu para que o homem parasse com a flatulência. Como ele continuou soltando os gases, os comissários avisaram o piloto, que decidiu pousar em Viena, na Áustria, antes de seguir para o destino.
Oficiais do aeroporto entraram na aeronave com cães e retiraram o homem do local. Segundo o jornal Daily Mirror, um policial disse que, além dos gases, o homem havia começado uma briga com outros passageiros.
Ainda segundo o jornal, a Transavia confirmou o fato e disse que “os comissários são treinados para assegurar um voo seguro a todos os passageiros”.
Estadão