Feliz

FelizEscrevendo a própria história
“Você vai ser feliz se andar por aqui.”
*Por aí, eu não vou.
“Por aqui, você vai ser feliz.”
*Mas, por aí, eu não vou.
“Então vai por onde?”
*Por ali.
“Mas ali é escuro, nunca ninguém por ali andou. Não há garantia de felicidade.”
*Eu sei. Mas, se eu for por onde você quer, minha infelicidade está garantida.
“Será?”
*Certeza. Por aqui nunca ninguém foi, não há referência nem qualquer parâmetro estabelecido, vou construir minha felicidade.
“Então, vai.”
*Obrigada por compreender. Eu mando notícias. Adeus, vou escrever minha história.
“Seja feliz.”
*Serei.
Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br

FelizEscrevendo a própria história
“Você vai ser feliz se andar por aqui.”
*Por aí, eu não vou.
“Por aqui, você vai ser feliz.”
*Mas, por aí, eu não vou.
“Então vai por onde?”
*Por ali.
“Mas ali é escuro, nunca ninguém por ali andou. Não há garantia de felicidade.”
*Eu sei. Mas, se eu for por onde você quer, minha infelicidade está garantida.
“Será?”
*Certeza. Por aqui nunca ninguém foi, não há referência nem qualquer parâmetro estabelecido, vou construir minha felicidade.
“Então, vai.”
*Obrigada por compreender. Eu mando notícias. Adeus, vou escrever minha história.
“Seja feliz.”
*Serei.
Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br