Boxeador vence luta, mas morre em seguida

boxeadorO boxeador Scott Westgarth sofreu um colapso e morreu na noite do último sábado (24/2) após vencer uma luta na Inglaterra. O atleta, de 31 anos, foi vítima do ataque ainda no vestiário e não resistiu. Antes disso, ele havia saído vitorioso no combate contra Dec Spelman.
O empresário do rapaz, Stefy Bull, anunciou nas redes sociais que tem sofrido bastante com a perda. “Não tenho palavras. Descanse em paz e lindos pensamentos para sua família e seu time. Foram os dias mais difíceis que tive que suportar”, disse.
Durante a competição, Westgarth sofreu um knockdown, mas continuou se mantendo de pé, saindo do ringue vitorioso. Depois do triunfo, no entanto, segundo o jornal The Guardian, Westgarth aparentava estar com dores durante uma entrevista. O boxeador possuía um cartel de oito vitórias, duas derrotas e um empate.
Dec Spelman, adversário do falecido, também se manifestou no Twitter: “Com o coração absolutamente partido e perdido. Sigo orando pela família de Scott e pelas pessoas próximas a ele. Descanse tranquilamente, meu amigo”.

boxeadorO boxeador Scott Westgarth sofreu um colapso e morreu na noite do último sábado (24/2) após vencer uma luta na Inglaterra. O atleta, de 31 anos, foi vítima do ataque ainda no vestiário e não resistiu. Antes disso, ele havia saído vitorioso no combate contra Dec Spelman.
O empresário do rapaz, Stefy Bull, anunciou nas redes sociais que tem sofrido bastante com a perda. “Não tenho palavras. Descanse em paz e lindos pensamentos para sua família e seu time. Foram os dias mais difíceis que tive que suportar”, disse.
Durante a competição, Westgarth sofreu um knockdown, mas continuou se mantendo de pé, saindo do ringue vitorioso. Depois do triunfo, no entanto, segundo o jornal The Guardian, Westgarth aparentava estar com dores durante uma entrevista. O boxeador possuía um cartel de oito vitórias, duas derrotas e um empate.
Dec Spelman, adversário do falecido, também se manifestou no Twitter: “Com o coração absolutamente partido e perdido. Sigo orando pela família de Scott e pelas pessoas próximas a ele. Descanse tranquilamente, meu amigo”.