Cuidadora de idosos é presa com várias pistolas

Uma cuidadora de idosos de 44 anos foi presa após ser flagrada com sete pistolas de 9 mm, diversos carregadores e 159 munições dentro de um ônibus na rodovia Castello Branco (SP-280), neste sábado (10), em Avaré (SP).
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, uma equipe fazia fiscalização de rotina, quando abordou um ônibus que tinha saído de Foz do Iguaçu e seguia com destino para São Paulo.
Durante a abordagem, os policiais encontraram na bagagem de mão de uma das passageiras quatro pistolas de origem turca, três pistolas de origem austríaca, além de 159 munições de calibre 9 mm.
Ainda segundo a polícia, durante revista pessoal foram encontrados diversos carregadores escondidos na perna da mulher.
Indagada, ela alegou que era moradora de São Paulo, técnica de enfermagem e trabalhava como cuidadora de idosos. Contudo, confessou que pegou as armas no Paraguai e levaria para São Paulo.
A passageira foi levada para a delegacia e, em seguida, para a Polícia Federal de Bauru (SP), onde a ocorrência será registrada e a passageira deverá ser autuada por tráfico internacional de armas de fogo.

Uma cuidadora de idosos de 44 anos foi presa após ser flagrada com sete pistolas de 9 mm, diversos carregadores e 159 munições dentro de um ônibus na rodovia Castello Branco (SP-280), neste sábado (10), em Avaré (SP).
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, uma equipe fazia fiscalização de rotina, quando abordou um ônibus que tinha saído de Foz do Iguaçu e seguia com destino para São Paulo.
Durante a abordagem, os policiais encontraram na bagagem de mão de uma das passageiras quatro pistolas de origem turca, três pistolas de origem austríaca, além de 159 munições de calibre 9 mm.
Ainda segundo a polícia, durante revista pessoal foram encontrados diversos carregadores escondidos na perna da mulher.
Indagada, ela alegou que era moradora de São Paulo, técnica de enfermagem e trabalhava como cuidadora de idosos. Contudo, confessou que pegou as armas no Paraguai e levaria para São Paulo.
A passageira foi levada para a delegacia e, em seguida, para a Polícia Federal de Bauru (SP), onde a ocorrência será registrada e a passageira deverá ser autuada por tráfico internacional de armas de fogo.