Esposa e amante são presos por matar comerciante

A polícia acredita ter desvendado o assassinato do um comerciante Geraldo Angelo dos Santos Júnior, 35 anos, morto a facadas no último dia 31 de dezembro, de 2017, no bairro das Malvinas, em Capina Grande.
Na tarde desta quarta-feira (14), a polícia revelou que a esposa da vítima, uma enfermeira de 35 anos, e o amante dela, que era caseiro do casal, foram presos suspeitos do homicídio.
Segundo a polícia, a mulher planejou a morte do esposo para não ter que dividir com ele os bens em caso de separação. O amante executou o plano.
A técnica de enfermagem viveu 17 anos ao lado do comerciante e teve dois filhos com ele. Nos últimos dois anos mantinha um relacionamento extraconjugal com o caseiro.
MaisPB

A polícia acredita ter desvendado o assassinato do um comerciante Geraldo Angelo dos Santos Júnior, 35 anos, morto a facadas no último dia 31 de dezembro, de 2017, no bairro das Malvinas, em Capina Grande.
Na tarde desta quarta-feira (14), a polícia revelou que a esposa da vítima, uma enfermeira de 35 anos, e o amante dela, que era caseiro do casal, foram presos suspeitos do homicídio.
Segundo a polícia, a mulher planejou a morte do esposo para não ter que dividir com ele os bens em caso de separação. O amante executou o plano.
A técnica de enfermagem viveu 17 anos ao lado do comerciante e teve dois filhos com ele. Nos últimos dois anos mantinha um relacionamento extraconjugal com o caseiro.
MaisPB