Jovem atendida pelo Procase vence concurso fotográfico promovido pelo Semear Internacional

JovemvA jovem quilombola da Paraíba, Alana Ferreira da Silva, beneficiada pelas ações do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), esteve na última quinta-feira (15), em Brasília (DF) para receber o prêmio do concurso fotográfico ‘Beleza do Semiárido’, promovido pelo Programa Semear Internacional. A foto retratando o pôr do sol do sertão, foi tirada as margens do açude localizado no município de Santa Luzia, e agora estampa uma publicação produzida pelo Semear.

Como prêmio do concurso, além da viajem com acompanhante para Brasília, Alana recebeu um smartphone. Sua fotografia integrou também uma exposição, junto as outras cinco primeiras colocadas do concurso, realizada no salão principal do evento.

O concurso foi direcionado a beneficiários dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil, ou seus parentes de primeiro grau. Alana Ferreira tem familiares que são beneficiários do Procase, projeto apoiado pelo FIDA na Paraíba, onde a Associação Comunitária das Louceiras Negras da Serra do Talhado, está sendo contemplada com a perfuração de um poço, reforma do galpão e do forno para produção das louças artesanais, aquisição de máquinas e equipamentos, e ações de capacitação da área de comercialização e marketing.

jovemv4O coordenador do Procase, Aristeu Chaves, esteve presente no evento e realizou a entrega do prêmio a jovem beneficiária do Projeto, destacando em sua fala a importância de ações como essas, promovidas pelo FIDA, no incentivo a jovens do semiárido paraibano.

A entrega do prêmio integrou a programação do evento de lançamento oficial do Programa Semear Internacional, promovido pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), reunindo várias autoridades, representantes de entidades governamentais e da sociedade civil, e integrantes de projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. Na ocasião também foi lançado o portal do Programa na internet e os convidados participaram de debates sobre a atuação do Semear.

jovemv2Semear – O Programa Semear Internacional foi criado para implementar ações em gestão do conhecimento, comunicação e diálogos de políticas focadas em agricultura familiar, no âmbito dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. São trabalhos voltados a difusão de boas práticas identificadas nestes projetos, intercâmbios de experiências exitosas dentro e fora do Brasil, e elaboração de publicações com os resultados destas ações, além de facilitar capacitações em diversos temas como comercialização, acesso a mercados, gênero, raça e etnia.
A abertura do evento de lançamento oficial do Semear, foi feita pelo gerente de programas do FIDA no Brasil, Paolo Silveri, e pelo representante do IICA Brasil, Hernán Chiriboga. Fizeram parte da mesa de abertura, a secretária executiva da Rede Nacional de Colegiados Territoriais, Márcia Dornelles e o coordenador de Assuntos da Agricultura Familiar e Cooperação Internacional da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), Hur Ben Corrêa da Silva, que representou o secretário, Jefferson Coriteac.
A coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo, apresentou as principais metas e objetivos do novo programa, e enfatizou o trabalho de cada componente, destacando-os como grandes auxiliadores dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. “Teremos um grande legado com o Semear Internacional, pois trabalharemos bastante com esta troca de conhecimento dentro e fora do país, disponibilizaremos uma importante ferramenta de monitoramento e avaliação aos projetos-FIDA no Brasil, e impulsionaremos ainda mais a difusão de boas práticas através de um grande trabalho focado na comunicação”, explicou.
jovemv3Logo após a abertura oficial, foi feito o lançamento do portal do programa Semear Internacional e realizados dois painéis de debate envolvendo todos os convidados, que puderam participar enviando perguntas por meio de um aplicativo disponibilizado pela organização do evento. Os convidados puderam interagir com representantes de instituições parceiras como a Pastoral da Juventude Rural (PJR) de Pernambuco; Projeto Águas de Valor e Sabor, da Bahia; Instituto Antônio Conselheiro (IAC) do Ceará; Slow Food; Procasur e SEAD.
Uma apresentação teatral do Grupo Cultural Raízes Nordestinas, do município de Poço Redondo, Sergipe, encerrou a solenidade. O grupo, que tem 15 anos de atuação na zona rural, já produziu centenas de peças, sempre com a temática voltada para a convivência com o semiárido. Na apresentação realizada para o Semear Internacional, eles abordaram temas como desenvolvimento rural, acesso a mercado e questões de gênero.
Outra exposição foi realizada por beneficiários de projetos apoiados pelo FIDA no nordeste brasileiro. Eles levaram produtos de suas comunidades para venda e degustação. Os convidados puderam conferir os produtos que são resultado do apoio as diversas comunidades da zona rural da região Nordeste. Na ocasião, a jovem Larissa Queiroz, esteve comercializando os produtos oriundos da Casa do Cariri, que oferece leite, iogurtes e queijos de cabra, além de cortes de carne de caprino e outros produtos regionais oriundos da cidade de Juazeirinho, no Seridó paraibano, onde o Procase desenvolve um projeto produtivo que objetiva incentivar a caprinocultura na região.
Reportagem Especial – Uma reportagem produzida pela equipe do Semear Internacional, em parceria com todos os projetos apoiado pelo FIDA no Brasil, foi exibida durante a solenidade. No vídeo, os objetivos do programa e o registro de algumas ações exitosas dos Projetos-FIDA no Brasil. O vídeo está disponível no site do Semear http://portalsemear.org.br/.

Assessoria de Comunicação
Jornalista responsável: Samantha Pimentel
samantha.pimentel@procase.pb.gov.br
https://www.procase.pb.gov.br/ | facebook.com/procasepb

JovemvA jovem quilombola da Paraíba, Alana Ferreira da Silva, beneficiada pelas ações do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), esteve na última quinta-feira (15), em Brasília (DF) para receber o prêmio do concurso fotográfico ‘Beleza do Semiárido’, promovido pelo Programa Semear Internacional. A foto retratando o pôr do sol do sertão, foi tirada as margens do açude localizado no município de Santa Luzia, e agora estampa uma publicação produzida pelo Semear.

Como prêmio do concurso, além da viajem com acompanhante para Brasília, Alana recebeu um smartphone. Sua fotografia integrou também uma exposição, junto as outras cinco primeiras colocadas do concurso, realizada no salão principal do evento.

O concurso foi direcionado a beneficiários dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil, ou seus parentes de primeiro grau. Alana Ferreira tem familiares que são beneficiários do Procase, projeto apoiado pelo FIDA na Paraíba, onde a Associação Comunitária das Louceiras Negras da Serra do Talhado, está sendo contemplada com a perfuração de um poço, reforma do galpão e do forno para produção das louças artesanais, aquisição de máquinas e equipamentos, e ações de capacitação da área de comercialização e marketing.

jovemv4O coordenador do Procase, Aristeu Chaves, esteve presente no evento e realizou a entrega do prêmio a jovem beneficiária do Projeto, destacando em sua fala a importância de ações como essas, promovidas pelo FIDA, no incentivo a jovens do semiárido paraibano.

A entrega do prêmio integrou a programação do evento de lançamento oficial do Programa Semear Internacional, promovido pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), reunindo várias autoridades, representantes de entidades governamentais e da sociedade civil, e integrantes de projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. Na ocasião também foi lançado o portal do Programa na internet e os convidados participaram de debates sobre a atuação do Semear.

jovemv2Semear – O Programa Semear Internacional foi criado para implementar ações em gestão do conhecimento, comunicação e diálogos de políticas focadas em agricultura familiar, no âmbito dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. São trabalhos voltados a difusão de boas práticas identificadas nestes projetos, intercâmbios de experiências exitosas dentro e fora do Brasil, e elaboração de publicações com os resultados destas ações, além de facilitar capacitações em diversos temas como comercialização, acesso a mercados, gênero, raça e etnia.
A abertura do evento de lançamento oficial do Semear, foi feita pelo gerente de programas do FIDA no Brasil, Paolo Silveri, e pelo representante do IICA Brasil, Hernán Chiriboga. Fizeram parte da mesa de abertura, a secretária executiva da Rede Nacional de Colegiados Territoriais, Márcia Dornelles e o coordenador de Assuntos da Agricultura Familiar e Cooperação Internacional da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), Hur Ben Corrêa da Silva, que representou o secretário, Jefferson Coriteac.
A coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo, apresentou as principais metas e objetivos do novo programa, e enfatizou o trabalho de cada componente, destacando-os como grandes auxiliadores dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil. “Teremos um grande legado com o Semear Internacional, pois trabalharemos bastante com esta troca de conhecimento dentro e fora do país, disponibilizaremos uma importante ferramenta de monitoramento e avaliação aos projetos-FIDA no Brasil, e impulsionaremos ainda mais a difusão de boas práticas através de um grande trabalho focado na comunicação”, explicou.
jovemv3Logo após a abertura oficial, foi feito o lançamento do portal do programa Semear Internacional e realizados dois painéis de debate envolvendo todos os convidados, que puderam participar enviando perguntas por meio de um aplicativo disponibilizado pela organização do evento. Os convidados puderam interagir com representantes de instituições parceiras como a Pastoral da Juventude Rural (PJR) de Pernambuco; Projeto Águas de Valor e Sabor, da Bahia; Instituto Antônio Conselheiro (IAC) do Ceará; Slow Food; Procasur e SEAD.
Uma apresentação teatral do Grupo Cultural Raízes Nordestinas, do município de Poço Redondo, Sergipe, encerrou a solenidade. O grupo, que tem 15 anos de atuação na zona rural, já produziu centenas de peças, sempre com a temática voltada para a convivência com o semiárido. Na apresentação realizada para o Semear Internacional, eles abordaram temas como desenvolvimento rural, acesso a mercado e questões de gênero.
Outra exposição foi realizada por beneficiários de projetos apoiados pelo FIDA no nordeste brasileiro. Eles levaram produtos de suas comunidades para venda e degustação. Os convidados puderam conferir os produtos que são resultado do apoio as diversas comunidades da zona rural da região Nordeste. Na ocasião, a jovem Larissa Queiroz, esteve comercializando os produtos oriundos da Casa do Cariri, que oferece leite, iogurtes e queijos de cabra, além de cortes de carne de caprino e outros produtos regionais oriundos da cidade de Juazeirinho, no Seridó paraibano, onde o Procase desenvolve um projeto produtivo que objetiva incentivar a caprinocultura na região.
Reportagem Especial – Uma reportagem produzida pela equipe do Semear Internacional, em parceria com todos os projetos apoiado pelo FIDA no Brasil, foi exibida durante a solenidade. No vídeo, os objetivos do programa e o registro de algumas ações exitosas dos Projetos-FIDA no Brasil. O vídeo está disponível no site do Semear http://portalsemear.org.br/.

Assessoria de Comunicação
Jornalista responsável: Samantha Pimentel
samantha.pimentel@procase.pb.gov.br
https://www.procase.pb.gov.br/ | facebook.com/procasepb