Polícia investiga suposto envolvimento de PMs em caso de agressão em Campinas; grávida perdeu o bebê

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo investiga uma denúncia de agressão que teria o envolvimento de policiais militares. O caso ocorreu no dia 19 de fevereiro, em um posto de combustíveis no bairro Bosque, em Campinas (SP). Quatro pessoas teriam sido agredidas, entre elas uma mulher que estava grávida e perdeu o bebê.
Imagens de câmera de segurança obtidas pela EPTV, afiliada da TV Globo, mostram a confusão por volta das 3h45 da manhã. Um homem é atingido com um soco e outro é jogado ao chão. As agressões duram cerca de cinco minutos.
A Polícia Civil informa que o caso está sendo investigado em inquérito policial pela 1ª Delegacia Seccional de Campinas. Segundo a SSP, a Corregedoria da Polícia Militar também acompanha o caso.
G1

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo investiga uma denúncia de agressão que teria o envolvimento de policiais militares. O caso ocorreu no dia 19 de fevereiro, em um posto de combustíveis no bairro Bosque, em Campinas (SP). Quatro pessoas teriam sido agredidas, entre elas uma mulher que estava grávida e perdeu o bebê.
Imagens de câmera de segurança obtidas pela EPTV, afiliada da TV Globo, mostram a confusão por volta das 3h45 da manhã. Um homem é atingido com um soco e outro é jogado ao chão. As agressões duram cerca de cinco minutos.
A Polícia Civil informa que o caso está sendo investigado em inquérito policial pela 1ª Delegacia Seccional de Campinas. Segundo a SSP, a Corregedoria da Polícia Militar também acompanha o caso.
G1