Boletos atrasados já podem ser pagos em qualquer banco

boletosDesde este sábado (24) é possível pagar boletos vencidos com valor igual ou superior a R$ 800 em qualquer banco. Até então, só era possível fazer o pagamento do boleto atrasado em uma agência da instituição emissora do documento.
A medida faz parte do calendário do novo sistema para cobrança de boletos que está sendo implantado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) desde julho do ano passado. A última etapa foi colocada em prática em setembro, com a liberação para o pagamento de boletos vencidos acima de R$ 2.000 em qualquer banco. O valor está diminuindo progressivamente, até ser aceito o pagamento atrasado em qualquer quantidade.
O calendário original previa que a plataforma fosse totalmente implantada –com a possibilidade de pagamento de boletos de qualquer valor– até dezembro do ano passado, porém a Febraban decidiu estender o prazo “em função do volume elevado de documentos que trafegarão pelo novo sistema [cerca de 4 bilhões de boletos por ano]”.
Veja a seguir o novo cronograma de implantação do novo sistema para pagamento de boletos vencidos em qualquer agência:
• 24 de março– R$ 800 ou mais
• 26 de maio– R$ 400 ou mais
• 21 de julho – R$ 0,01 ou mais
22 de setembro – processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros Rastreamento
A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos.
No pagamento do boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados coincidirem com os da plataforma, a operação será validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.
Agência Brasil

boletosDesde este sábado (24) é possível pagar boletos vencidos com valor igual ou superior a R$ 800 em qualquer banco. Até então, só era possível fazer o pagamento do boleto atrasado em uma agência da instituição emissora do documento.
A medida faz parte do calendário do novo sistema para cobrança de boletos que está sendo implantado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) desde julho do ano passado. A última etapa foi colocada em prática em setembro, com a liberação para o pagamento de boletos vencidos acima de R$ 2.000 em qualquer banco. O valor está diminuindo progressivamente, até ser aceito o pagamento atrasado em qualquer quantidade.
O calendário original previa que a plataforma fosse totalmente implantada –com a possibilidade de pagamento de boletos de qualquer valor– até dezembro do ano passado, porém a Febraban decidiu estender o prazo “em função do volume elevado de documentos que trafegarão pelo novo sistema [cerca de 4 bilhões de boletos por ano]”.
Veja a seguir o novo cronograma de implantação do novo sistema para pagamento de boletos vencidos em qualquer agência:
• 24 de março– R$ 800 ou mais
• 26 de maio– R$ 400 ou mais
• 21 de julho – R$ 0,01 ou mais
22 de setembro – processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros Rastreamento
A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos.
No pagamento do boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados coincidirem com os da plataforma, a operação será validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.
Agência Brasil