Morre Irmão Firmino, dono de tapiocaria no distrito do Cajá, em Caldas Brandão

FIRMINOMorreu aos 69 anos o comerciante e ex-vereador José Firmino Sobrinho, conhecido como ‘Irmão Firmino’, proprietário de uma das tapiocarias mais tradicionais do distrito do Cajá, na BR-230, município de Caldas Brandão. Ele morreu nesta terça-feira (27), vítima de um câncer.
De acordo com o genro dele, Alexsandro Moura, na manhã desta terça-feira o irmão Firmino passou mal e foi levado às pressas ao Hospital São Vicente de Paulo, em João Pessoa, onde não resistiu e morreu às 11h15. A família não informou detalhes.
Tanto o velório quanto o sepultamento do irmão Firmino foram realizados no distrito do Cajá. O corpo foi velado na Câmara de Vereadores e o enterro aconteceu nesta quarta-feira (28), às 9h.
Irmão Firmino era uma pessoa muito conhecida na região e chegou a ser vereador de Caldas Brandão entre os anos de 1993 e 1996, mas desistiu da política após se tornar evangélico. Ele passou mais de 15 anos à frente do comércio, às margens da BR-230.
G1 PB

FIRMINOMorreu aos 69 anos o comerciante e ex-vereador José Firmino Sobrinho, conhecido como ‘Irmão Firmino’, proprietário de uma das tapiocarias mais tradicionais do distrito do Cajá, na BR-230, município de Caldas Brandão. Ele morreu nesta terça-feira (27), vítima de um câncer.
De acordo com o genro dele, Alexsandro Moura, na manhã desta terça-feira o irmão Firmino passou mal e foi levado às pressas ao Hospital São Vicente de Paulo, em João Pessoa, onde não resistiu e morreu às 11h15. A família não informou detalhes.
Tanto o velório quanto o sepultamento do irmão Firmino foram realizados no distrito do Cajá. O corpo foi velado na Câmara de Vereadores e o enterro aconteceu nesta quarta-feira (28), às 9h.
Irmão Firmino era uma pessoa muito conhecida na região e chegou a ser vereador de Caldas Brandão entre os anos de 1993 e 1996, mas desistiu da política após se tornar evangélico. Ele passou mais de 15 anos à frente do comércio, às margens da BR-230.
G1 PB