Homem é preso por agredir a mãe em dois dias seguidos em Baraúna, na PB

Um homem foi preso em flagrante suspeito de agredir a mãe dele, nesta terça-feira (17), em Baraúna, na Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h30, vizinhos ouviram os gritos do agressor e acionaram a PM, que foi até o local e prendeu o suspeito dentro de casa. Segundo a Polícia Civil, o agressor foi identificado como João Alves do Nascimento Santos, de 22 anos.
Um dia antes, a Polícia Civil já estava investigando uma primeira agressão do mesmo homem à mãe, registrada em vídeo por moradores que presenciaram o suspeito, aparentemente alcoolizado, dar socos e pontapés na mulher, em frente à casa dele. A Polícia Militar tomou conhecimento do vídeo nas redes sociais e foi até a casa da vítima, mas a mãe não quis prestar queixa contra o filho e negou ter sido agredida.
Após o primeiro caso, mãe e filho foram intimados para depor nesta quarta-feira (18), na Delegacia da Mulher, mas antes disso houve o novo flagrante. O suspeito foi conduzido, junto com a vítima e uma testemunha, para a Delegacia de Polícia Civil. O homem foi ouvido pelo delegado responsável pelo caso, Décio Lima.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito já tem três passagens pela polícia, por porte ilegal de armas, pela Lei Maria da Penha, após agredir a mãe no ano passado, e outra por um crime de trânsito. O homem está preso na Delegacia de Polícia Civil de Picuí, na Paraíba.
G1 PB

Um homem foi preso em flagrante suspeito de agredir a mãe dele, nesta terça-feira (17), em Baraúna, na Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h30, vizinhos ouviram os gritos do agressor e acionaram a PM, que foi até o local e prendeu o suspeito dentro de casa. Segundo a Polícia Civil, o agressor foi identificado como João Alves do Nascimento Santos, de 22 anos.
Um dia antes, a Polícia Civil já estava investigando uma primeira agressão do mesmo homem à mãe, registrada em vídeo por moradores que presenciaram o suspeito, aparentemente alcoolizado, dar socos e pontapés na mulher, em frente à casa dele. A Polícia Militar tomou conhecimento do vídeo nas redes sociais e foi até a casa da vítima, mas a mãe não quis prestar queixa contra o filho e negou ter sido agredida.
Após o primeiro caso, mãe e filho foram intimados para depor nesta quarta-feira (18), na Delegacia da Mulher, mas antes disso houve o novo flagrante. O suspeito foi conduzido, junto com a vítima e uma testemunha, para a Delegacia de Polícia Civil. O homem foi ouvido pelo delegado responsável pelo caso, Décio Lima.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito já tem três passagens pela polícia, por porte ilegal de armas, pela Lei Maria da Penha, após agredir a mãe no ano passado, e outra por um crime de trânsito. O homem está preso na Delegacia de Polícia Civil de Picuí, na Paraíba.
G1 PB