Erupção de vulcão tira 10 mil de casa no Havaí

vulcaoO vulcão Kilauea entrou em erupção no Havaí nesta quinta-feira, levando autoridades a evacuar casas nas regiões próximas. Segundo oficiais, vapor e lava saíram de uma rachadura em Leilani Estates, região que fica perto da cidade de Pahoa, na Ilha Grande.
A erupção veio após dias seguidos de terremotos no distrito de Puna – um deles atingiu magnitude 5 na Escala Richter. Uma escola local foi fechada e diversas estradas ficaram danificadas após os constantes abalos.
Imagens da TV local mostram lava saltando a uma altura de 46 metros, além de uma linha de fogo se espalhando por uma área de cerca de 200 metros, atrás de uma casa.
Durante a semana, oficiais alertaram a população sobre uma possível necessidade de se evacuar a área por causa do risco de erupção. Os moradores de Leilani Estates tiveram de sair de suas casas. De acordo com o censo de 2010 dos Estados Unidos, a região tem cerca de 1.500 habitantes.
Num primeiro momento, Leilani Estates aparenta ser a região mais afetada, mas os cientistas explicaram que novas rachaduras podem aparecer e levar lava para outros locais.
A agência de defesa civil do Condado do Havaí fechou a área aos visitantes na terça-feira e suspendeu a chegada de turistas.
Nos últimos anos, a maior parte das atividades vulcânicas de Kilauea não era explosiva. Em 1924, uma erupção lançou lava e pedras para o ar, deixando um homem morto.
Veja

vulcaoO vulcão Kilauea entrou em erupção no Havaí nesta quinta-feira, levando autoridades a evacuar casas nas regiões próximas. Segundo oficiais, vapor e lava saíram de uma rachadura em Leilani Estates, região que fica perto da cidade de Pahoa, na Ilha Grande.
A erupção veio após dias seguidos de terremotos no distrito de Puna – um deles atingiu magnitude 5 na Escala Richter. Uma escola local foi fechada e diversas estradas ficaram danificadas após os constantes abalos.
Imagens da TV local mostram lava saltando a uma altura de 46 metros, além de uma linha de fogo se espalhando por uma área de cerca de 200 metros, atrás de uma casa.
Durante a semana, oficiais alertaram a população sobre uma possível necessidade de se evacuar a área por causa do risco de erupção. Os moradores de Leilani Estates tiveram de sair de suas casas. De acordo com o censo de 2010 dos Estados Unidos, a região tem cerca de 1.500 habitantes.
Num primeiro momento, Leilani Estates aparenta ser a região mais afetada, mas os cientistas explicaram que novas rachaduras podem aparecer e levar lava para outros locais.
A agência de defesa civil do Condado do Havaí fechou a área aos visitantes na terça-feira e suspendeu a chegada de turistas.
Nos últimos anos, a maior parte das atividades vulcânicas de Kilauea não era explosiva. Em 1924, uma erupção lançou lava e pedras para o ar, deixando um homem morto.
Veja