Lira considera Cássio um candidato ‘Ficha Suja’ e não desmente possibilidade de desistir da sua pré-candidatura

A propalada ‘união’ da chapa do pré-candidato a governador de Lúcelio Cartaxo (PV), irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), reproduzida ontem (02), pelo prefeito pessoense, durante uma vistoria, ao lado dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD), as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Especialidades dos Bancários, não durou nem duas horas. Ontem mesmo durante o programa Correio Debate, Lira se referiu ao senador Cássio como este sendo um representante ‘Ficha Suja’ e corrupto.

Indagado por um dos apresentadores como observava, as referências de que o eleitor não votaria em candidato com processos na justiça, o pessedista se referiu ao senador Cássio Cunha Lima que responde a ações no Supremo Tribunal Federal (STF), que já foi cassado por ações de conduta vedada e é citado na operação Lava Jato, revelando que cada um dos candidatos tem vantagens e desvantagens, no aso de Cássio de ser ficha-suja. “Não considero uma provocação a Cássio, pois seria também uma provocação, os apoiadores de Cássio dizerem que ele tem um recall, pois já foi governador duas vezes. Então cada candidato tem suas vantagens e suas desvantagens. Cada um é cada um”, disse Lira sobre como observa Cássio um ficha suja.

Semana passada, Cássio veio a público defender o nome do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, para concorrer a uma vaga no Senado na chapa de Lucélio Cartaxo. “É legítima a pretensão do vice-prefeito”, afirmou Cássio e citou que o PSDB já apresentou no nome dele como candidato à reeleição e o PSD o senador Raimundo Lira, e o nome de Manoel é considerado uma boa opção.

Ainda na entrevista o senador do PSD, não negou a possibilidade de desistência da sua pré-candidatura ao Senado. “Acontece o seguinte você tem um governador, presidente dos EUA que pode ser que até amanhã renuncie, mas não há expectativa que ele vá renunciar. Então pode ser que aconteça um fato. Eu sei que estou agradando algumas pessoas e desagradando outras”, afirmou.

Veja o vídeo:

A propalada ‘união’ da chapa do pré-candidato a governador de Lúcelio Cartaxo (PV), irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), reproduzida ontem (02), pelo prefeito pessoense, durante uma vistoria, ao lado dos senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD), as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Especialidades dos Bancários, não durou nem duas horas. Ontem mesmo durante o programa Correio Debate, Lira se referiu ao senador Cássio como este sendo um representante ‘Ficha Suja’ e corrupto.

Indagado por um dos apresentadores como observava, as referências de que o eleitor não votaria em candidato com processos na justiça, o pessedista se referiu ao senador Cássio Cunha Lima que responde a ações no Supremo Tribunal Federal (STF), que já foi cassado por ações de conduta vedada e é citado na operação Lava Jato, revelando que cada um dos candidatos tem vantagens e desvantagens, no aso de Cássio de ser ficha-suja. “Não considero uma provocação a Cássio, pois seria também uma provocação, os apoiadores de Cássio dizerem que ele tem um recall, pois já foi governador duas vezes. Então cada candidato tem suas vantagens e suas desvantagens. Cada um é cada um”, disse Lira sobre como observa Cássio um ficha suja.

Semana passada, Cássio veio a público defender o nome do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, para concorrer a uma vaga no Senado na chapa de Lucélio Cartaxo. “É legítima a pretensão do vice-prefeito”, afirmou Cássio e citou que o PSDB já apresentou no nome dele como candidato à reeleição e o PSD o senador Raimundo Lira, e o nome de Manoel é considerado uma boa opção.

Ainda na entrevista o senador do PSD, não negou a possibilidade de desistência da sua pré-candidatura ao Senado. “Acontece o seguinte você tem um governador, presidente dos EUA que pode ser que até amanhã renuncie, mas não há expectativa que ele vá renunciar. Então pode ser que aconteça um fato. Eu sei que estou agradando algumas pessoas e desagradando outras”, afirmou.

Veja o vídeo: