Delegado da PF é baleado e morto no Morumbi; suspeitos são presos

Um delegado da Polícia Federal foi baleado às 7h desta segunda-feira (14), na Avenida Morumbi, Zona Sul de São Paulo, perto do Palácio dos Bandeirantes. Mauro Sérgio Sales Abdo foi levado para o Hospital Albert Einstein, também no Morumbi, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
De acordo com um delegado, dois criminosos invadiram a casa, por volta das 5h, e esperaram na garagem até que alguém acordasse para fazer a abordagem. Mauro Sérgio levantou, desceu as escadas e carregava a arma quando os ladrões anunciaram o assalto. Neste momento, houve troca de tiros. Duas armas foram apreendidas pela polícia.
O delegado foi atingido com três tiros no abdômen e um dos assaltantes, com três tiros na perna e virilha. O ladrão tem cinco passagens pela polícia por roubo e estava em indulto de Dia das Mães, de acordo com um delegado.
O suspeito baleado será encaminhado para um hospital. O comparsa foi detido. A região do Morumbi chegou a ser cercada por policiais, que investigavam a participação de um terceiro bandido no crime.

Nota de pesar
A Polícia Federal divulgou uma nota de pesar pela morte de Mauro Sérgio Sales Abdo, que tinha 32 anos de carreira e atuava na delegacia de Repressão e Combate aos Crimes Previdenciários.
“A Polícia Federal em São Paulo manifesta seu pesar aos familiares, amigos e policiais federais e reafirma que continuará envidando todos esforços para contribuir com a solução deste crime, lutando diariamente pela construção de uma sociedade cada vez mais segura”, diz a nota.
G1

Um delegado da Polícia Federal foi baleado às 7h desta segunda-feira (14), na Avenida Morumbi, Zona Sul de São Paulo, perto do Palácio dos Bandeirantes. Mauro Sérgio Sales Abdo foi levado para o Hospital Albert Einstein, também no Morumbi, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
De acordo com um delegado, dois criminosos invadiram a casa, por volta das 5h, e esperaram na garagem até que alguém acordasse para fazer a abordagem. Mauro Sérgio levantou, desceu as escadas e carregava a arma quando os ladrões anunciaram o assalto. Neste momento, houve troca de tiros. Duas armas foram apreendidas pela polícia.
O delegado foi atingido com três tiros no abdômen e um dos assaltantes, com três tiros na perna e virilha. O ladrão tem cinco passagens pela polícia por roubo e estava em indulto de Dia das Mães, de acordo com um delegado.
O suspeito baleado será encaminhado para um hospital. O comparsa foi detido. A região do Morumbi chegou a ser cercada por policiais, que investigavam a participação de um terceiro bandido no crime.

Nota de pesar
A Polícia Federal divulgou uma nota de pesar pela morte de Mauro Sérgio Sales Abdo, que tinha 32 anos de carreira e atuava na delegacia de Repressão e Combate aos Crimes Previdenciários.
“A Polícia Federal em São Paulo manifesta seu pesar aos familiares, amigos e policiais federais e reafirma que continuará envidando todos esforços para contribuir com a solução deste crime, lutando diariamente pela construção de uma sociedade cada vez mais segura”, diz a nota.
G1