Menino leva choque elétrico de 138 mil volts ao tentar pegar pipa em subestação da CPFL em Ribeirão Preto, SP

Um adolescente de 14 anos ficou ferido neste domingo (20) após receber uma descarga elétrica de 138 mil volts em uma subestação da CPFL, no bairro Parque dos Pinus, Zona Norte de Ribeirão Preto (SP). O acidente aconteceu quando ele tentava pegar uma pipa no local.
Ele foi socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e levado ao Hospital das Clínicas. Segundo a assessoria de imprensa da unidade, ele está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) Pediátrico e o estado de saúde é considerado grave.
De acordo com a CPFL, o adolescente abriu a cerca da subestação para pegar uma pipa. Ele usou uma espécie de vara para retirar o brinquedo e sofreu o choque elétrico ao enconstar em um cabo energizado.
Segundo a empregada doméstica Adenislaine Bueno de Camargo, houve um forte barulho no momento do acidente e a energia elétrica foi interrompida.
“Eu estava em casa passando roupa, deu uma explosão e acabou a energia. Eu fui na janela do meu apartamento, que dá para ver aqui, e vi que um monte de gente começou a correr. Vim ver o que tinha acontecido e tinha uma pessoa caída no chão”, diz.
O garoto sofreu queimaduras por todo o corpo e foi encaminhado ao hospital.
O 1º sargento do Corpo de Bombeiros Osvaldo Lima Nascimento Neto faz um alerta sobre os riscos de acidentes durante brincadeiras com pipas próximo à rede elétrica. “Quando tiver uma pipa presa no fio, é melhor abandoná-la no local, evitar retirar ou fazer contato. É um local perigoso, é um local que vai gerar uma descarga elétrica e a pessoa vai se machucar.”

G1

Um adolescente de 14 anos ficou ferido neste domingo (20) após receber uma descarga elétrica de 138 mil volts em uma subestação da CPFL, no bairro Parque dos Pinus, Zona Norte de Ribeirão Preto (SP). O acidente aconteceu quando ele tentava pegar uma pipa no local.
Ele foi socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e levado ao Hospital das Clínicas. Segundo a assessoria de imprensa da unidade, ele está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) Pediátrico e o estado de saúde é considerado grave.
De acordo com a CPFL, o adolescente abriu a cerca da subestação para pegar uma pipa. Ele usou uma espécie de vara para retirar o brinquedo e sofreu o choque elétrico ao enconstar em um cabo energizado.
Segundo a empregada doméstica Adenislaine Bueno de Camargo, houve um forte barulho no momento do acidente e a energia elétrica foi interrompida.
“Eu estava em casa passando roupa, deu uma explosão e acabou a energia. Eu fui na janela do meu apartamento, que dá para ver aqui, e vi que um monte de gente começou a correr. Vim ver o que tinha acontecido e tinha uma pessoa caída no chão”, diz.
O garoto sofreu queimaduras por todo o corpo e foi encaminhado ao hospital.
O 1º sargento do Corpo de Bombeiros Osvaldo Lima Nascimento Neto faz um alerta sobre os riscos de acidentes durante brincadeiras com pipas próximo à rede elétrica. “Quando tiver uma pipa presa no fio, é melhor abandoná-la no local, evitar retirar ou fazer contato. É um local perigoso, é um local que vai gerar uma descarga elétrica e a pessoa vai se machucar.”

G1