Projetos de alunos do SESI PB foram selecionados para participar da OC 2018

Alunos das Escolas do SESI Dionízio Marques Almeida, na cidade de Patos, e José de Paiva Gadelha, do município de Sousa apresentarão Projetos desenvolvidos para o Programa SESI FEBRACE de Ciências e Engenharia – 2018, durante a Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento que acontecerá no próximo dia 07 de julho, em Brasília.
Os trabalhos foram selecionados entre 10 Projetos que estavam sendo desenvolvidos, e passaram por uma avaliação realizada por uma Comissão formada por representantes da área de Educação do SESI e do SENAI da Paraíba.
O Projeto Médici: Um Aplicativo Associado a Qualidade de Vida, foi desenvolvido pelos alunos Fátima Vitória Dantas Borges, Jefferson Arcanjo Moreira Araújo e Maria Eduarda Ribeiro Alves do SESI de Patos, sob a supervisão da professora, Erica Cristina Pires. O aplicativo apresenta um pré-diagnóstico de doenças e ao mesmo tempo, faz indicações de médicos especializados em determinadas áreas da saúde de acordo com o provável diagnóstico.
A proposta é auxiliar os usuários do aplicativo em relação ao diagnóstico de doenças, ajudando de forma rápida e precisa, a localização de médicos ou hospitais que atuem na área de atendimento necessária.
Já o Projeto “Aplicabilidades da Piezoeletricidade: Criação de dispositivo que aproveita Energia Mecânica do Cotidiano Transformando em Energia Elétrica”, desenvolvido pelos alunos Caio Victor, João Vitor Dantas e Gustavo Henrique, da Escola José de Paiva Gadelha, sob a orientação do professor Emídio Marques, foi criado pensando em uma forma de poder recarregar dispositivos como smartphones, tablets, câmeras, entre outros utilizando a energia mecânica, oriunda das propriedades dos cristais de Piezo. A alimentação dos dispositivos acontece através de uma porta USB em qualquer lugar sem a necessidade de uma tomada enquanto o usuário pode aliviar o estresse diário através da pressão sobre o dispositivo (Hand charger) que causará conforto e sensação de alivio.
O Programa SESI de Ciências e Engenharia tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de competências e habilidades do século XXI essenciais para ingresso em cursos superiores e atuação produtiva em diversas áreas da indústria.
Através do programa será implantada a metodologia científica e de engenharia, em escolas que oferecem o EBEP para alunos do 8º ano ao Ensino Médio, de 22 departamentos regionais do SESI distribuídas pelo Brasil. A proposta é incentivar a cultura da inovação e do empreendedorismo nos alunos, e a aprendizagem de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM) por meio do desenvolvimento de projetos científicos e de engenharia.
Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (83) 2101- 9776.

Alunos das Escolas do SESI Dionízio Marques Almeida, na cidade de Patos, e José de Paiva Gadelha, do município de Sousa apresentarão Projetos desenvolvidos para o Programa SESI FEBRACE de Ciências e Engenharia – 2018, durante a Etapa Nacional da Olimpíada do Conhecimento que acontecerá no próximo dia 07 de julho, em Brasília.
Os trabalhos foram selecionados entre 10 Projetos que estavam sendo desenvolvidos, e passaram por uma avaliação realizada por uma Comissão formada por representantes da área de Educação do SESI e do SENAI da Paraíba.
O Projeto Médici: Um Aplicativo Associado a Qualidade de Vida, foi desenvolvido pelos alunos Fátima Vitória Dantas Borges, Jefferson Arcanjo Moreira Araújo e Maria Eduarda Ribeiro Alves do SESI de Patos, sob a supervisão da professora, Erica Cristina Pires. O aplicativo apresenta um pré-diagnóstico de doenças e ao mesmo tempo, faz indicações de médicos especializados em determinadas áreas da saúde de acordo com o provável diagnóstico.
A proposta é auxiliar os usuários do aplicativo em relação ao diagnóstico de doenças, ajudando de forma rápida e precisa, a localização de médicos ou hospitais que atuem na área de atendimento necessária.
Já o Projeto “Aplicabilidades da Piezoeletricidade: Criação de dispositivo que aproveita Energia Mecânica do Cotidiano Transformando em Energia Elétrica”, desenvolvido pelos alunos Caio Victor, João Vitor Dantas e Gustavo Henrique, da Escola José de Paiva Gadelha, sob a orientação do professor Emídio Marques, foi criado pensando em uma forma de poder recarregar dispositivos como smartphones, tablets, câmeras, entre outros utilizando a energia mecânica, oriunda das propriedades dos cristais de Piezo. A alimentação dos dispositivos acontece através de uma porta USB em qualquer lugar sem a necessidade de uma tomada enquanto o usuário pode aliviar o estresse diário através da pressão sobre o dispositivo (Hand charger) que causará conforto e sensação de alivio.
O Programa SESI de Ciências e Engenharia tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de competências e habilidades do século XXI essenciais para ingresso em cursos superiores e atuação produtiva em diversas áreas da indústria.
Através do programa será implantada a metodologia científica e de engenharia, em escolas que oferecem o EBEP para alunos do 8º ano ao Ensino Médio, de 22 departamentos regionais do SESI distribuídas pelo Brasil. A proposta é incentivar a cultura da inovação e do empreendedorismo nos alunos, e a aprendizagem de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM) por meio do desenvolvimento de projetos científicos e de engenharia.
Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (83) 2101- 9776.