Forças de segurança escoltam caminhões para garantir abastecimento de combustível

escolta2As forças de segurança fazem neste final de semana escolta de caminhões-tanque para garantir abastecimento de combustível em ao menos sete estados, além do Distrito Federal.
Neste domingo (27), pelo sétimo dia consecutivo, caminhoneiros fazem manifestações pelo país, dando continuidade à mobilização contra a disparada do preço do diesel, que faz parte da política de preços da Petrobras em vigor desde julho de 2017.
Ainda na sexta-feira (25), o presidente Michel Temer afirmou ter acionado forças federais para desbloquear estradas ocupadas por caminhonheiros em greve.
Neste sábado (26), aeroportos pelo Brasil começaram a receber novos estoques de combustível. Para chegar até o destino, caminhões-tanque precisaram ser escoltados por forças de segurança em pelo menos quatro estados.

Veja abaixo onde houve escolta de forças de segurança para garantir transporte do combustível:

Distrito Federal
Até as 11h30, 49 caminhões-tanque de combustível e 5 de gás de cozinha saíram das distribuidoras de combustíveis, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), para abastecer os postos do DF. Todos os veículos são escoltados por carros da Polícia Militar.

escolta3Ceará
Empresas de ônibus do transporte público de Fortaleza receberam combustível neste sábado (26) para garantir a operação dos coletivos pelos próximos dias.
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) comunicou que caminhões-tanque foram levados com escolta policial para reabastecer os veículos.

Paraná
Os ônibus do transporte público de Maringá vão circular normalmente nesta segunda-feira (28). Segundo a empresa responsável pelo serviço, um caminhão carregado com combustível chegou na garagem da concessionária escoltado pela Polícia Militar e abasteceu a frota.

Santa Catarina
No estado, foram liberados, após negociação, 50 mil litros de combustível. Os caminhões-tanque vão sair escoltados de Biguaçu (SC), na região metropolitana de Florianópolis.
Às 17h, devem sair outros caminhoes da refinaria para o transporte público que atende a capital do estado e cidades do entorno. Viaturas da Polícia Militar também vão ser atendidas.

São Paulo
Um caminhão com 44 mil litros de combustível foi escoltado pela Polícia Militar até uma das empresas permissionárias do transporte público em Ribeirão Preto (SP) na tarde deste sábado (26). Apesar disso, a Transerp informou que os ônibus não vão circular neste domingo (27).
O veículo deixou o terminal de petróleo no bairro Adelino Simioni, zona norte da cidade. O caminhão foi escoltado por quatro viaturas da Polícia Militar da Rodovia Alexandre Balbo (SP-328) até a garagem de uma das empresas do Consórcio PróUrbano.
Na sexta-feira (25), a Transerp, empresa que gerencia o transito e o transporte público, obteve uma liminar para garantir o abastecimento da frota de ônibus em Ribeirão Preto.
Apesar da entrega dos 44 mil litros de diesel, a Transerp informou em nota que a quantidade ainda não é suficiente para restabelecimento dos serviços e manteve a suspensão da frota neste domingo.

Mato Grosso
Dez caminhões carregados de combustíveis devem ser escoltados na manhã deste domingo (27) pelas forças de segurança e militares do Exército em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Os veículos estavam retidos nos pontos de manifestação de caminhoneiros em Rondonópolis.
Policiais rodoviários, militares e civis se mobilizam na manhã deste domingo para escoltar os veículos para postos de combustível em Rondonópolis e cidades vizinhas.
No entanto, o abastecimento será fornecido apenas para veículos de urgência e emergência, como as Polícias Militar, Civil e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Mato Grosso do Sul
No Mato Grosso do Sul, diversas carretas saíram escoltadas de uma refinaria da Petrobrás para abastecer postos de Campo Grande, onde a maioria está sem combustível, Corumbá e Dourados.
Muitos motoristas dorminaram na fila dos postos da capital do estado esperando o abastecimento.
A escolta é usada para as acidades mais distantes. No caso de Corumbá, o os caminhões-tanque foram escoltados pela Polícia Rodoviária Federal.

Pernambuco
Em Guararapes, na região metropolitana do Recife, caminhoneiros autônomos foram convocados para ir ao porto de Suape buscar combustível. Eles estão aguardando a escolta das forças de segurança.
Há uma fila de caminhões que estão sem combustíveis e vão sair assim que a escolta se formar.
Além disso, dez caminhões tanque chegaram ao porto conduzidos por militares do exército para pegar querosene de aviação.
G1

escolta2As forças de segurança fazem neste final de semana escolta de caminhões-tanque para garantir abastecimento de combustível em ao menos sete estados, além do Distrito Federal.
Neste domingo (27), pelo sétimo dia consecutivo, caminhoneiros fazem manifestações pelo país, dando continuidade à mobilização contra a disparada do preço do diesel, que faz parte da política de preços da Petrobras em vigor desde julho de 2017.
Ainda na sexta-feira (25), o presidente Michel Temer afirmou ter acionado forças federais para desbloquear estradas ocupadas por caminhonheiros em greve.
Neste sábado (26), aeroportos pelo Brasil começaram a receber novos estoques de combustível. Para chegar até o destino, caminhões-tanque precisaram ser escoltados por forças de segurança em pelo menos quatro estados.

Veja abaixo onde houve escolta de forças de segurança para garantir transporte do combustível:

Distrito Federal
Até as 11h30, 49 caminhões-tanque de combustível e 5 de gás de cozinha saíram das distribuidoras de combustíveis, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), para abastecer os postos do DF. Todos os veículos são escoltados por carros da Polícia Militar.

escolta3Ceará
Empresas de ônibus do transporte público de Fortaleza receberam combustível neste sábado (26) para garantir a operação dos coletivos pelos próximos dias.
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) comunicou que caminhões-tanque foram levados com escolta policial para reabastecer os veículos.

Paraná
Os ônibus do transporte público de Maringá vão circular normalmente nesta segunda-feira (28). Segundo a empresa responsável pelo serviço, um caminhão carregado com combustível chegou na garagem da concessionária escoltado pela Polícia Militar e abasteceu a frota.

Santa Catarina
No estado, foram liberados, após negociação, 50 mil litros de combustível. Os caminhões-tanque vão sair escoltados de Biguaçu (SC), na região metropolitana de Florianópolis.
Às 17h, devem sair outros caminhoes da refinaria para o transporte público que atende a capital do estado e cidades do entorno. Viaturas da Polícia Militar também vão ser atendidas.

São Paulo
Um caminhão com 44 mil litros de combustível foi escoltado pela Polícia Militar até uma das empresas permissionárias do transporte público em Ribeirão Preto (SP) na tarde deste sábado (26). Apesar disso, a Transerp informou que os ônibus não vão circular neste domingo (27).
O veículo deixou o terminal de petróleo no bairro Adelino Simioni, zona norte da cidade. O caminhão foi escoltado por quatro viaturas da Polícia Militar da Rodovia Alexandre Balbo (SP-328) até a garagem de uma das empresas do Consórcio PróUrbano.
Na sexta-feira (25), a Transerp, empresa que gerencia o transito e o transporte público, obteve uma liminar para garantir o abastecimento da frota de ônibus em Ribeirão Preto.
Apesar da entrega dos 44 mil litros de diesel, a Transerp informou em nota que a quantidade ainda não é suficiente para restabelecimento dos serviços e manteve a suspensão da frota neste domingo.

Mato Grosso
Dez caminhões carregados de combustíveis devem ser escoltados na manhã deste domingo (27) pelas forças de segurança e militares do Exército em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Os veículos estavam retidos nos pontos de manifestação de caminhoneiros em Rondonópolis.
Policiais rodoviários, militares e civis se mobilizam na manhã deste domingo para escoltar os veículos para postos de combustível em Rondonópolis e cidades vizinhas.
No entanto, o abastecimento será fornecido apenas para veículos de urgência e emergência, como as Polícias Militar, Civil e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Mato Grosso do Sul
No Mato Grosso do Sul, diversas carretas saíram escoltadas de uma refinaria da Petrobrás para abastecer postos de Campo Grande, onde a maioria está sem combustível, Corumbá e Dourados.
Muitos motoristas dorminaram na fila dos postos da capital do estado esperando o abastecimento.
A escolta é usada para as acidades mais distantes. No caso de Corumbá, o os caminhões-tanque foram escoltados pela Polícia Rodoviária Federal.

Pernambuco
Em Guararapes, na região metropolitana do Recife, caminhoneiros autônomos foram convocados para ir ao porto de Suape buscar combustível. Eles estão aguardando a escolta das forças de segurança.
Há uma fila de caminhões que estão sem combustíveis e vão sair assim que a escolta se formar.
Além disso, dez caminhões tanque chegaram ao porto conduzidos por militares do exército para pegar querosene de aviação.
G1