PSICOLOGIA AO SEU ALCANCE – Como lidar com a timidez

Muitas oportunidades se perdem por ter vergonha diante dos outros. É normal quando a vergonha não é constante, o problema é quando ela é constituinte da personalidade, tornando-se timidez. Essa característica não tem tempo de validade, pode durar anos. Ela ocorre diante do olhar do outro que julga, visto que a pessoa que está sendo percebida se dá conta que sua vida foi apreendida pelo outro e que este tem um conhecimento sobre ela da qual não tem controle.
Imagine a seguinte situação: você está só, em uma praia vendo a paisagem, está se sentindo bem até se dar conta de que está sendo observada por outra pessoa, imediatamente a situação muda, a tranquilidade deu espaço para a fragilidade, pois percebeu que a outra pessoa poderia ter feito algo contra você sem que você tivesse tempo de reação. Uma vez percebendo que está em segurança e consegue olhar o outro, é você que passa a julgá-lo. Esse tipo de vergonha, embora podendo ser eventual, já incomoda. A questão é quando você não se permite em nenhuma situação ser julgado pelo outro. É nesse aspecto que a timidez se transforma em características de personalidade, impedindo a pessoa de viver com plenitude.
Mas como superar a timidez? Não é algo fácil, no entanto, você pode começar escrevendo uma lista das atividades que já fez na vida e percebe que fez bem feito. Isso vai ser importante, pois é listando que você consegue visualizar melhor suas ações. Em seguida, comece a refletir sobre as suas qualidades que possibilitam o desenvolvimento de tais atividades e passe a se reconhecer como capaz. Aproveite e perceba o tempo que você levou para executar essas coisas. Perceba quantas horas você já tem de habilidade nessas atividades e perceba o quanto você já é seguro. Então, quando surgir uma situação que você sinta timidez, reflita que quem irá enfrentar essa situação é alguém que já tem experiência e habilidade para desenvolver bem, sinta orgulho da sua trajetória e faça com que as coisas aconteçam. Com o tempo você perceberá as vitórias que conseguiu e que servirão de base para enfrentar novos desafios. Se for difícil fazer sozinho, procure ajuda profissional.
Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia
Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro

Muitas oportunidades se perdem por ter vergonha diante dos outros. É normal quando a vergonha não é constante, o problema é quando ela é constituinte da personalidade, tornando-se timidez. Essa característica não tem tempo de validade, pode durar anos. Ela ocorre diante do olhar do outro que julga, visto que a pessoa que está sendo percebida se dá conta que sua vida foi apreendida pelo outro e que este tem um conhecimento sobre ela da qual não tem controle.
Imagine a seguinte situação: você está só, em uma praia vendo a paisagem, está se sentindo bem até se dar conta de que está sendo observada por outra pessoa, imediatamente a situação muda, a tranquilidade deu espaço para a fragilidade, pois percebeu que a outra pessoa poderia ter feito algo contra você sem que você tivesse tempo de reação. Uma vez percebendo que está em segurança e consegue olhar o outro, é você que passa a julgá-lo. Esse tipo de vergonha, embora podendo ser eventual, já incomoda. A questão é quando você não se permite em nenhuma situação ser julgado pelo outro. É nesse aspecto que a timidez se transforma em características de personalidade, impedindo a pessoa de viver com plenitude.
Mas como superar a timidez? Não é algo fácil, no entanto, você pode começar escrevendo uma lista das atividades que já fez na vida e percebe que fez bem feito. Isso vai ser importante, pois é listando que você consegue visualizar melhor suas ações. Em seguida, comece a refletir sobre as suas qualidades que possibilitam o desenvolvimento de tais atividades e passe a se reconhecer como capaz. Aproveite e perceba o tempo que você levou para executar essas coisas. Perceba quantas horas você já tem de habilidade nessas atividades e perceba o quanto você já é seguro. Então, quando surgir uma situação que você sinta timidez, reflita que quem irá enfrentar essa situação é alguém que já tem experiência e habilidade para desenvolver bem, sinta orgulho da sua trajetória e faça com que as coisas aconteçam. Com o tempo você perceberá as vitórias que conseguiu e que servirão de base para enfrentar novos desafios. Se for difícil fazer sozinho, procure ajuda profissional.
Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia
Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro