Bombeiros começam a controlar grandes incêndios na Califórnia

O maior incêndio florestal já registrado na Califórnia, o Mendocino Complex, já foi quase 70% contido, segundo a Associated Press. Com dois focos, Ranch e River, a área atingida por ele chegou a cobrir mais de 135 mil hectares no domingo (13). No total, ele causou duas mortes e destruiu mais de 100 casas.
O Mendocino Complex bateu o recorde do incêndio Thomas, que em dezembro passado teve um poder destrutivo maior, atingindo mais de mil construções no sul do estado, mas se espalhou por uma área menor, de 1.140 km², até ser contido em 12 de janeiro deste ano.
Já o incêndio Carr, que provocou as mortes de oito pessoas e a destruição de mais de mil edificações, estava mais de 50% contido no sábado.

Neste final de semana, temperaturas ligeiramente mais baixas ajudaram os bombeiros no combate aos diversos incêndios que ainda atingem o estado, especialmente contra o Holy, que destruiu 16 estruturas em meio à Floresta Nacional de Cleveland, no sul.
No domingo, este incêndio específico já estava 41% contido, depois de queimar 9.200 hectares, disse Lynne Tolmachoff do Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia.
“O tempo aqui na Califórnia parece estar esfriando hoje e nos próximos dois dias, e isso deve ajudar os bombeiros a conseguir conter ainda mais as chamas”, disse Tolmachoff, de acordo com a AP. “Eles devem progredir melhor nos próximos dias”.

A evolução é importante porque a previsão é de que a temperatura volte a subir no final de semana.
Com os bombeiros começando a controlar os incêndios, ordens de evacuação começam a ser suspensas, embora Tolmachoff não tenha apresentado números exatos. A certa altura, mais de 20 mil pessoas tiveram que deixar suas casas.
Aviões fizeram diversos voos sobre a região, despejando água e retardante rosa brilhante sobre as chamas para proteger Lake Elsinore e outras comunidades ao pé da montanha, que estiveram muito próximas das chamas.

Um homem acusado de iniciar deliberadamente o incêndio Holy compareceu a uma corte na sexta-feira, mas sua audiência foi adiada. Forrest Clark, de 51 anos, teve vários ataques, clamando que sua vida estava sendo ameaçada e dizendo que a acusação contra ele era mentira. Sua fiança foi estabelecida em US$ 1 milhão.
G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial