Procase será sede do segundo módulo do Intercâmbio de Comercialização realizado pelo FIDA

Após cinco dias de oficinas, palestras e visitas externas, os técnicos e beneficiários dos projetos apoiados pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), terão um novo encontro para finalizar os trabalhos do “Intercâmbio de Estratégias em Acesso a Mercados”, que aconteceu de 20 a 24 de agosto. Em novembro deste ano, o segundo módulo do evento acontecerá no estado da Paraíba, sede do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), apoiado pelo FIDA no Estado. O primeiro módulo do evento aconteceu em Recife-PE, e contou com uma vasta programação voltada aos canais de comercialização de produtos da agricultura familiar.
Participaram do primeiro módulo do Intercâmbio o gerente de Desenvolvimento Produtivo do Procase, Alex Pimentel, a coordenadora do território do Curimataú, Kilma Silva, o Assistente Técnico Ambiental, Thiago Silva, e o Consultor Técnico, João Sobrinho.
O intercâmbio é uma realização do FIDA e IICA, através do programa Semear Internacional, em parceria com o Banco Mundial. No primeiro módulo, ocorrido entre os dias 20 e 24 de agosto, os participantes visitaram a sede da Ceasa de Pernambuco e os centros de distribuição das empresas Walmart e Pão de Açúcar, em Recife-PE, conferindo como funciona toda a logística de recebimento e distribuição de produtos como frutas e verduras comercializadas para várias partes do país.
Durante as visitas, eles conheceram galpões de grandes empresas que comercializam diversos tipos de produtos e ouviram de vendedores e compradores como são armazenados, selecionados e comercializados os produtos todos os dias no local. Nos centros de distribuição dos grupos Walmart e Pão de Açúcar, eles tiveram noções de logística, oferta e demanda de produtos tanto da agricultura familiar como de produções feitas em larga escala, e visitaram ainda os locais onde são armazenados os alimentos que seguem para as filiais das empresas, e puderam conhecer como são selecionados com um minucioso controle de qualidade.
Entre uma visita e outra, palestras foram ministradas pelos profissionais da empresa sobre as técnicas de manuseio dos produtos e conversaram sobre as melhores maneiras de vender os alimentos, seja em grandes quantidades, ou não. “Eu acabei descobrindo que o problema hoje não é o mercado, é produtor! Saio deste intercâmbio com a lição de que nós, agricultores familiares, temos que nos unir mais para que possamos impulsionar a comercialização! O segredo está na união, no associativismo e cooperativismo, e é isso que vamos levar como lição pra nossa região”, disse o beneficiário do projeto Viva o Semiárido, apoiado pelo FIDA no Piauí, Mirionaldo Rodrigues.
De acordo com o Assessor Técnico do Procase, João Sobrinho, o Intercâmbio foi de grande importância para todos os projetos apoiados pelo FIDA. “O Intercâmbio foi um evento de uma riqueza inexplicável, em vários aspectos, tanto pela qualidade dos palestrantes como pela qualidade dos participantes. Era um grupo de pessoas muito qualificadas, um grupo heterogêneo, diversificado, todos com qualidade e experiências. Acredito que agora vamos dar uma alavancada em todos os projetos, em termos da comercialização dos produtos, não apenas os nossos, mas os dos outros estados também. Vamos nos preparar aqui no Procase para fortalecer os projetos para a busca por mercado”, destacou João Sobrinho.
Também fez parte da programação, um encontro com a coordenadora geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) Hetel Leepkaln. Eles participaram de uma reunião técnica sobre compras públicas de alimentos da agricultura familiar, direcionada a formação em assessoria de mercado. Já com o consultor especialista do Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE), José Gil, os participantes do Intercâmbio puderam se aprofundar sobre todos os pontos da Lei 11.947/2009, e os desdobramentos das compras em Pernambuco e seus resultados.
A coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo, avalia como bastante positivo os dois de visitas externas e oficinas realizadas nestas empresas! Segundo ela, foram informações importantes para que a comercialização dos produtos provenientes da agricultura familiar se desenvolva ainda mais. “Foi muito esclarecedor o que vimos nestes dois dias de visitas! Escutar produtores familiares dizerem que a cabeça deles mudou após estes dias é muito gratificante. É realmente a grande intenção de eventos como este intercambio: gerar conhecimento de qualidade e que pode sim ser praticado nas mais diferentes regiões do país”, disse.
Como resultado deste intercâmbio, os profissionais dos projetos apoiados pelo FIDA no Brasil, estão sendo capacitados para atuarem como assessores de mercado da agricultura familiar, com foco no aumento da inserção dos produtos nos mercados públicos, privados e institucionais, no desempenho dos agricultores familiares beneficiários dos projetos e suas organizações econômicas nos mercados locais, regionais, nacional e internacional.
O Procase é fruto da parceria entre o Governo do Estado da Paraíba e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), organismo das Nações Unidas (ONU), beneficiando 56 municípios do semiárido paraibano, e visa fortalecer a agricultura familiar e contribuir para o desenvolvimento rural sustentável, reduzindo os níveis de pobreza rural e fortalecendo ações de prevenção e mitigação da desertificação.

Assessoria de Comunicação
Jornalista responsável:
Samantha Pimentel
samantha.pimentel@procase.pb.gov.br

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial