Documento do Itamaraty diz que ex-mulher relatou ter sido ameaçada de morte por Bolsonaro em 2009

O jornal “Folha de S.Paulo” publicou na internet reportagem sobre um telegrama do Itamaraty que narra uma suposta ameaça de morte do deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) à ex-mulher dele Ana Cristina Valle, sete anos atrás, por causa de uma disputa pela guarda do filho do casal.
Hoje, procurada pela “Folha”, Ana Cristina não confirmou a ameaça de morte e disse que sofreu uma pressão de Bolsonaro.
A reportagem da “Folha” reproduz um telegrama do Itamaraty, datado de julho de 2011. O telegrama relata que o deputado pediu ajuda ao Ministério das Relações porque Ana Cristina viajou para a Noruega com o filho deles sem autorização de Bolsonaro. Na época, os dois disputavam na Justiça a guarda do menino.
No telegrama, o então embaixador Carlos Henrique Cardim relata que Ana Cristina, ao receber telefonema do vice-cônsul na Noruega, disse que havia deixado o Brasil dois anos antes por ter sido ameaçada de morte por Bolsonaro. E que essa acusação poderia motivar pedido de asilo político. A existência do telegrama foi confirmada pelo Jornal Nacional nos termos descritos pela “Folha”.
O Jornal Nacional não conseguiu contato com Ana Cristina, que, atualmente, usa o sobrenome Bolsonaro.
Aos repórteres da “Folha de S.Paulo”, ela disse que o telefonema do vice-cônsul foi para o marido norueguês dela, não para ela, e que não tinha intenção de fugir com a criança, mas passar férias com o menino – que, segundo ela, a queria ao lado dele.
Segundo a “Folha”, Ana Cristina disse também: “Foi uma pressão que [Bolsonaro] fez. Depois, ficou tudo bem. É coisa de pai porque ele tem um amor fora do comum pelos filhos”.
Hoje, a “Folha” procurou novamente a ex-mulher de Jair Bolsonaro. Em um aplicativo de celular, ela escreveu que não falou com nenhum cônsul ou vice.
Sobre a suposta ameaça de morte feita por Bolsonaro por volta de 2009, ela disse que conversou com o marido norueguês e que ele “falou que não disse nada disso”.
E Ana Cristina completou: “Acho que vocês estão pegando pesado, falando isso”.
Na noite desta terça-feira, Ana Cristina Valle divulgou um vídeo numa rede social em que se diz indignada com a reportagem publicada pela “Folha de S.Paulo”.
Ela reitera que o candidato nunca a ameaçou de morte e que ele não tem índole para fazer tal coisa. Ela também disse ainda que Jair Bolsonaro é um bom pai e um bom ex-marido.
Internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, o candidato Jair Bolsonaro ainda não se manifestou sobre o assunto.
G1

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial