Maranhão libera voto de seus eleitores para presidente e nega apoio a Bolsonaro

O senador e candidato a governador da Paraíba José Maranhão (MDB) disse neste sábado (6), por meio da assessoria de campanha, que libera o voto dos seus eleitores para escolha do presidente da República, mas negou apoio a Jair Bolsonaro (PSL). “Não tenho como declarar apoio já que meu partido tem candidato a presidente”, disse o emedebista. A suposta adesão de Maranhão a Bolsonaro num possível cenário de segundo turno contra Fernando Haddad (PT) foi publicada por alguns veículos de comunicação.
A assessoria reforçou que, ainda nessa sexta-feira (5), uma mensagem de José Maranhão deixou os eleitores livres para escolherem os projetos de governos que mais os agradem. O texto nega também alianças informais entre Maranhão e Cássio Cunha Lima (PSDB) e Daniella Ribeiro (Progressistas), que disputam o senado pela chapa encabeçada por Lucélio Cartaxo (PV) para o governo da Paraíba.
José Maranhão tem feito uma campanha isolada da Nacional na Paraíba. Ele tentou descolar seu nome do candidato Henrique Meireles que representa o MDB e consequentemente o atual presidente Michel Temer.
Portalcorreio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial