Botafogo vence Corinthians com gol contra de Ralf pelo Brasileirão

Em um confronto direto, seja por vaga na Copa Sul-Americana ou fuga contra o rebaixamento, o Botafogo recebeu o Corinthians no Estádio Nilton Santos e venceu por 1 a 0, neste domingo, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ralf, contra, fez o gol da vitória dos mandantes.
Com o resultado, o time carioca, que vinha de cinco rodadas sem ganhar na Série A (três empates e duas derrotas), vai a à 13ª posição, com 38 pontos, e abre quatro de vantagem para o Z-4, ao menos temporariamente. Já os paulistas estacionam nas 39 unidades e figuram no 11º lugar. A equipe tinha batido o Bahia na última rodada, após seis jogos oficiais sem vitória.
A partida ainda foi especial para o técnico Jair Ventura, que reencontrou pela primeira vez a equipe na qual estreou como treinador. Entre agosto de 2016 e o fim de 2017, o treinador fez um bom trabalho nos cariocas, com destaque para a campanha na Libertadores de 2017, em que a equipe foi até as quartas de final. Ele assinou com o Santos em 2018, sendo demitido em julho e sem ter enfrentado o clube da estrela solitária no período.
Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo voltará a atuar no Nilton Santos, onde fará clássico com o Flamengo, no sábado, às 19h (de Brasília). No mesmo dia, o Corinthians receberá o São Paulo em sua arena, às 17h.
O jogo – Em um primeiro tempo com poucas ocasiões claras de gol e sem tanta emoção, o Botafogo foi mais perigoso, finalizando nove vezes (três no alvo) contra apenas três do adversário, que só acertou a meta em uma oportunidade. Em uma de suas chances, o time carioca conseguiu abrir o placar.
Primeiramente, Erick fez uma bela jogada individual e viu seu chute ser desviado por Henrique para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio da esquerda, Ralf desviou de cabeça contra a própria meta.
Na volta do intervalo, os visitantes até conseguiram criar mais oportunidades, mas sem assustar tanto a meta adversária. Aos 21min, ocorreu um lance polêmico. Roger caiu na área em disputa com Marcinho e pediu o pênalti, mas o árbitro Leandro Vuaden sinalizou tiro de meta.
Sem inspiração, o Corinthians pouco fez para conseguir ao menos o empate. Além disso, poderia ter saído do Rio de Janeiro com uma derrota ainda maior, já que Rodrigo Lindoso acertou a trave aos 35min, ao completar de cabeça um cruzamento de Rodrigo Pimpão.
Nos acréscimos, viria muita emoção. Os donos da casa quase marcaram em cobrança de falta de Valencia, que foi defendida por Cássio, e finalização de Pimpão após contra-ataque. Depois, Gatito faria um milagre ao defender finalização de Léo Santos na pequena área. A intervenção foi tão espetacular que os jogadores do Botafogo foram saudar o goleiro assim que o juiz apitou pela última vez.
MSN

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial