Encontro na FIEP em João Pessoa abordará os Princípios de Empoderamento das Mulheres

Representantes da ONU Mulheres e do Pacto Global participarão nesta quinta-feira, 22/11, às 17h, de um encontro com dirigentes do SEBRAE, e da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, no restaurante panorâmico da FIEP, em João Pessoa.
Na ocasião serão apresentados os Princípios de Empoderamento das Mulheres, que ajudam a comunidade empresarial a incorporar em seus negócios, valores e práticas que visem à equidade de gênero e um melhor posicionamento da mulher na sociedade.
A ONU Mulheres vem trabalhando fortemente com o setor privado, em especial dentro das áreas de Recursos Humanos, para transformar a cultura e os padrões de racismo institucional e sexismo nas empresas. Destacam-se as capacitações sobre vieses inconscientes, de forma a responder não só ao racismo e sexismo institucional, mas também a como identificar e superar os vieses individuais.
Empoderar mulheres e promover a equidade de gênero em todas as atividades sociais e da economia são garantias para o efetivo fortalecimento das economias, o impulsionamento dos negócios, a melhoria da qualidade de vida de mulheres, homens e crianças, e para o desenvolvimento sustentável.
Ciente do papel das empresas para o crescimento das economias e para o desenvolvimento humano, a ONU Mulheres e o Pacto Global criaram os Princípios de Empoderamento das Mulheres.

Os sete Princípios de Empoderamento das Mulheres são:

1. Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível.
2. Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação.
3. Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa.
4. Promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres.
5. Apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing.
6. Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social.
7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

Através da parceria com empresas como a Coca-Cola Brasil, a ONU Mulheres já promoveu a capacitação de 22 mil mulheres e 13 mil homens de comunidades de baixa renda que perpassam a cadeia de valor da empresa – empreendedorismo, reciclagem e varejo – sobre igualdade de gênero, empoderamento das mulheres e direitos humanos.
Também colocou na agenda o tema sobre adoção de princípios de igualdade de gênero nas políticas de compras das empresas para privilegiar negócios liderados por mulheres, ao incluir um capítulo sobre igualdade de gênero e raça no Manual de Compras Sustentáveis do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável.
Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (83) 3533-5585.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial