Real goleia Al Ain por 4 a 1 e fatura o tri seguido do Mundial de Clubes

O Real Madrid conquistou pela terceira vez seguida o Mundial de Clubes ao vencer o Al Ain por 4 a 1 neste sábado (22), no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi. Modric, Llorente, Sergio Ramos e Nader (contra) fizeram os gols do time espanhol na decisão. Shiotani descontou para os árabes, que haviam eliminado o River Plate na semifinal.
O brasileiro Vinícius Junior, que havia entrado nos minutos finais do segundo tempo, participou do quarto gol espanhol. Foi dele o chute que desviou em Nader e parou nas redes do Al Ain.

Tri consecutivo do Real
Campeão neste ano, o clube espanhol também havia conquistado o título da competição (no formato atual) nos anos de 2014, 2016 e 2017, além de possuir na sua galeria os títulos de 1960, 1998, 2002 (Copa Intercontinental).

O jogo
A primeira boa chance do Real Madrid ocorreu logo aos 3 minutos de jogo, quando o time espanhol carimbou a trave dos árabes em uma jogada de linha de fundo com Lucas Vázquez.
No minuto seguinte, a zaga do Real Madrid fez uma tremenda bobagem na tentativa de cortar um passe do ataque adversário. A bola sobrou para o atacante Berg, que limpou o goleiro Courtois, mas ficou sem ângulo e perdeu a jogada.
Aos 12 minutos, o Al Ain desperdiçou uma chance incrível de surpreeender o poderoso Real Madrid. Depois de uma virada errada do brasileiro Marcelo, El Shahat dominou na direita, limpou um zagueiro e o goleiro Courtois e chutou para o gol. O capitão Sergio Ramos desviou, quase sobre a linha, a bola que iria para o canto esquerdo da meta espanhola.

Gol do Real Madrid
No lance seguinte, o Real mostrou porque era o favorito e abriu o placar da decisão com o meia Modrid, eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa. O croata recebeu de Benzema na entrada da área e chutou de esquerda, no canto direito de Khalid.
Dois minutos depois, o time árabe bateu uma falta rapidamente para tentar surpreender a defesa espanhola. O brasileiro Caio saiu sozinho na frente de Courtois e tocou para as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento e anulou o que seria o gol de empate do Al Ain.
Twitter Ads info and privacy

Pressão do Real
O Real Madrid seguiu dominando a partida, apesar da disposição dos árabes. Aos 20 minutos, o galês Gareth Bale, que havia marcado os três gols na vitória sobre o kahima Antlers na semifinal, disparou de canhota na grande área e obrigou o goleiro Khalid a fazer uma grande defesa.
O jogo parecia muito fácil para os espanhóis. Aos 35, Vázquez foi à linha de fundo pela direita e cruzou para Benzema. O atacante bateu de primeira, mas a bola subiu um pouco demais e saiu pela linha de fundo. Foi uma ótima chance para o Real ampliar o marcador.
Aos 38, Modrid acertou uma pancada de canhota de fora da área que Khalid tirou no susto com os pés. Mas o lance foi impugnado porque Sergio Ramos estava em posição de impedimento e atrapalhou o goleiro árabe.
Ramos ainda levou um cartão amarelo no minuto final da primeira etapa depois de dar uma cotovelada no brasileiro Caio em uma jogada na lateral do campo.

Segundo tempo e segundo gol
O panorama da final não mudou após a volta das equipes do intervalo. O Real seguiu jogando fácil e criou várias chances de gol.
Aos 14 minutos, Llorente pegou um sem pulo sensacional depois de uma rebatida da zaga na área para fazer o segundo do time espanhol.
Cinco minutos depois, Bale ficou frente à frente com o goleiro árabe, mas Khalid fechou bem o ângulo e evitou o terceiro gol do Real.
Aos 28, Caio dominou na lateral da área e tentou chutar de primeira para pegar Courtois de surpresa, mas o goleiro belga do Real havia se antecipado e conseguiu cortar com os pés, evitando o gol do brasileiro.

Real amplia
A partida estava muito fácil para o Real. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Sergio Ramos subiu de cabeça e fez o terceiro do time espanhol. O zagueiro ainda contou com a colaboração do goleiro Khalid, que falhou no lance.
Aos 39 minutos, o brasileiro Vinícius Junior, ex-Flamengo, entrou em campo no lugar de Lucas Vázquez. O atacante teria poucos minutos em campo, mas já disputava a primeira grande decisão da carreira.

Al Ain diminui
Porém, logo depois, o japonês Shiotani aproveitou uma falta cobrada por Caio, desviou de cabeça e encobriu Courtois para fazer o gol de honra dos árabes.
Em sua primeira jogada na partida, Vinícius Junior dominou a bola no bico esquerdo da área, tentou o drible e caiu. No entanto, a arbitragem mandou o lance seguir.

Goleada do Real
Na sequência, Vinícius Junior entrou pela esquerda e bateu para o gol. A bola foi desviada pelo zagueiro Nader e parou nas redes de Khalid: 4 a 1.
No final, o Real Madrid confirmou a superioridade de um gigante europeu e conquistou o título mundial pela sétima vez em sua história (1960, 1998, 2002, 2014, 2016, 2017 e 2018).
R7

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial