Trump ameaça fechar a fronteira com o México caso não consiga orçamento para construir o muro

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou um post nesta sexta-feira (28) em seu Twitter ameaçando fechar a fronteira com o México caso os democratas não incluam no orçamento a previsão de financiamento para construir um muro entre os dois países. O impasse entre governo e Congresso levou à paralisação parcial das atividades administrativas federais.
A Casa Branca pediu que fosse incluído no orçamento uma verba de US$ 5 bilhões para a construção da barreira na fronteira, segundo a agência de notícias EFE.
No entanto, os democratas se recusam e, por enquanto, só estão dispostos a destinar US$ 1,3 bilhão para a segurança fronteiriça, mas com restrições que impedem a construção do muro.

Paralisação
No último sábado (22), o governo dos EUA foi parcialmente paralisado como forma de pressionar os democratas e não há indicação de que as agências serão reabertas.
Segundo a agência de notícias EFE, 25% das agências governamentais estão fechadas e 380 mil servidores foram dispensados porque o governo não tem como pagá-los, informou a France Presse. Outros 420 mil foram considerados “essenciais” e, portanto, trabalham sem receber.
A construção do muro foi uma das promessas de campanha mais repetidas por Trump, mas os democratas se opuseram a essa iniciativa.

‘Fins lucrativos’
Em outros três posts, Trump disse que o fechamento da fronteira seria uma “operação com fins lucrativos”.
A paralisação da administração federal deve se prolongar até 2019 devido à dificuldade da Casa Branca e da oposição democrata chegarem a um acordo, informou a EFE.
Esta é a terceira paralisação que Trump enfrenta desde que chegou ao poder no início de 2017.
A primeira aconteceu em janeiro deste ano, coincidindo com seu primeiro aniversário na Casa Branca, e teve duração de três dias; enquanto a segunda foi em fevereiro e vigorou por apenas algumas horas.

Nafta
Em outubro, os EUA e o Canadá chegaram a um acordo para substituir o Nafta a poucas horas do prazo limite expirar. O novo tratado receberá o nome Acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês) e representa uma vitória para Trump, que o classificou como ‘histórico’.
Em agosto, EUA e México já haviam fechado uma negociação para substituir o Nafta.
Embora o novo acordo evite tarifas, ele dificultará que montadoras globais construam carros a preço reduzido no México e tem o objetivo de criar mais empregos nos Estados Unidos, afirma a agência Reuters.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial