Polícia Militar prende suspeitos de matar ator no Centro Histórico

A Polícia Militar prendeu na manhã desta terça-feira (08) dois suspeitos de matarem o ator e professor de teatro Simão de Almeida Cunha, de 30 anos. O crime aconteceu na madrugada do último domingo (6), na região central de João Pessoa.
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Hugor Hélder, os homens detidos são apenas suspeitos e não há provas consistentes que liguem a dupla ao crime. No entanto, as circunstâncias em que eles vivem os relacionam com o homicídio. Por falta de provas, a dupla pode ser liberada após prestar depoimento.
“A localização que vivem, são moradores de rua e consumidores de drogas, respondem por crimes de assaltos e tem características parecidas com as do latrocínio”, explica.
Um dos suspeitos inicialmente foi testemunha do caso e fez a denúncia, mas se contradisse durante o depoimento. Ele afirmou ter visto quando o suposto autor do crime chegou com o celular roubado e uma arma branca, mas os horários repassados por ele não têm relação com a realidade.
As câmeras de segurança localizadas na área do crime vão ser utilizadas para identificar os participantes da ação. Até o momento, as imagens encontradas ainda não capturam o exato momento em que o ator foi atacado.
Simão Almeida Cunha foi assassinado na madrugada de domingo (06) no Centro Histórico de João Pessoa. Amigos relatam que a vítima estava saindo de uma festa quando foi assaltado. Ao reagir, o ator foi ferido com golpe de facas e não resistiu.
MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial