Dirigentes do Stiupb se reúnem com presidente da Cagepa e tratam das questões de Santa Rita

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), Wilton Maia Velez, os diretores Guilherme Mateus, Cícero Duarte e José Jonhson, estiveram reunidos com o presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Fernandes, na última segunda-feira, 11, em João Pessoa, quando diversas questões relacionadas aos trabalhadores foram discutidas, além da situação dos serviços prestados da Companhia em Santa Rita, que está ameaçada de privatização.

O primeiro assunto em pauta, conforme o presidente do Stiupb, foi a Medida Provisória 868, que altera o Marco Legal do Saneamento básico, e que na prática, busca privatizar esses serviços no País.

O Stiupb entendeu ser importante o envolvimento do presidente da Cagepa nessa luta, já que o mesmo é vice-presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe), tendo Marcus Vinícius tranquilizado a direção do Sindicato, afirmando que sua luta é para manter a “Cagepa pública em todo o Estado.”

Wilton Maia disse que é preciso que os parlamentares paraibanos digam quais suas posições em relação ao assunto, já que a MP pode se tornar Lei brevemente e precisa ser emendada, a exemplo do que já fez o Deputado Federal Gervásio Maia (PSB), que se colocou a disposição para defender os interesses da categoria urbanitária.

Na reunião, os dirigentes fizeram questão de mostrar que, havendo a privatização do saneamento na Paraíba, apenas João Pessoa e Campina Grande terão condições de “sobreviver”, já que as demais cidades dependem do chamado subsídio cruzado, que é poderá deixar de existir caso a MP 868 seja aprovada.

PAUTA DOS TRABALHADORES – No mesmo encontro, que começou por volta 15h e só terminou próximo das 18h, outros assuntos específicos de interesse dos funcionários e da Companhia foram também abordados, como a falta de condições de trabalho em alguns setores, reforma de estações de tratamento, elevatórias e casas de bomba.

Conforme o presidente da Cagepa, cerca de 56 unidades, entre estações e casas de bomba, serão restauradas, entre elas, a Estação de Tratamento de Pombal, além de ter garantido que vai resolver a situação do alojamento dos trabalhadores da ETA de Camará, que estão laborando em local inadequado.

Sobre o fardamento, o dirigente da Cagepa explicou que vai melhorar a qualidade dos mesmos, buscando identificar a realidade de cada região. Em regiões mais quentes, vai optar por uma farda mais leve, porém resistente. Em outros casos será admitido o uso de bermudas e, ao invés de camisa longa, o chamado mangote que é normalmente usado por mototaxistas.

A questão das escalas de serviço também foi discutida, mas que será objeto de nova discussão posteriormente.

A qualidade do serviço que é prestada por algumas terceirizadas também foi tratada nessa reunião: “O Presidente nos garantiu que está ciente do assunto e que brevemente vai apresentar melhorias para que a Companhia não seja mais penalizada quando da prestação desses serviços por parte das terceirizadas”.

Também houve o comprometimento do presidente da Cagepa em aplicar o Código de Ética na Companhia, objetivando assim que a empresa modernize o comportamento e as práticas coletivas na relação empresa e empregados.

REUNIÃO ANTES – Antes da reunião na Cagrpa, os diretores do Stiupb estiveram reunidos com o presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Saulo Gustavo, bem como com alguns vereadores, onde foram tratadas questões relacionadas à decisão da Prefeitura da cidade que abriu licitação para contratação de empresa para gerir os serviços de água e de saneamento naquele município.

Ficou definido que brevemente haverá uma Audiência Pública na citada na Câmara e com a presença dos dirigentes do Stiupb. Boa parte da Câmara já se manifestou contrária ao processo licitatório e defende a Cagepa pública, mas que a Companhia assuma o compromisso de melhorar drasticamente os seus serviços perante à população.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial