São Paulo e Palmeiras empatam 1ª semifinal do Paulista no Morumbi

São Paulo e Palmeiras não saíram do empate por 0 a 0 neste sábado (30), no jogo de ida da semifinal do Paulistão. O jogo foi no estádio do Morumbi, em São Paulo.
Com um time muito jovem do meio-campo para a frente, o São Paulo buscava impor uma correria ao Palmeiras, que tentava cadenciar mais a bola.
Apesar do domínio do São Paulo na posse de bola nos minutos iniciais de partida, foi o Palmeiras quem chegou primeiro com perigo. Aos 7′, Marcos Rocha cruzou a bola para Deyverson, que tocou para Ricardo Goulart. O atacante chutou por cima do gol de Tiago Volpi.
O Tricolor respondeu aos 14′, quando Everton Felipe chutou forte após sobra de bola na área e chutou por cima do gol defendido por Weverton.

Trave
Dudu. que vinha fazendo um jogo apagado, apareceu bem aos 22′. Em chute forte pela direita, a bola explodiu na trave de Volpi no lance de maior perigo do Palmeiras. Cinco minutos depois, o São Paulo chegou com perigo. Liziero ganhou jogada pela esquerda e cruzou para Pablo, que cabeceou no travessão.

Pênalti e VAR
Em boa troca de passes aos 37′, Dudu cai dentro da área em lance com Reinaldo. O árbitro Vinicius Furlan inicialmente marcou o pênalti. No entanto, chamado para checar o lance no VAR, acabou voltando atrás na decisão.

Gol anulado
O São Paulo começou o segundo tempo dominando. A equipe fazia boas trocas de passe no meio de campo e apostava na velocidade para superar os defensores rivais.
Em sua melhor chance no início da segunda etapa, Igor Gomes cobrou escanteio pela direita, Bruno Alves cabeceou e Arboleda desviou para o gol. No entanto, o juiz acabou marcando falta de Bruno Alves em Marcos Rocha.
Após a correria do primeiro tempo, ambos os times cansaram. Na segunda etapa, houve poucas chances de lado a lado. O Palmeiras pouco explorava as pontas para abrir espaço na defesa. Contundido após torcer o tornozelo, Victor Luis deixou o campo dando lugar a Diogo Barbosa. Já Marcos Rocha, que já havia tomado o cartão amarelo, foi sacado para a entrada de Mayke. A troca dos laterais pouco efeito fez em produção ofensiva para o Verdão.
Já o São Paulo explorava mais os lados do campo, mas não conseguia superar a forte marcação palmeirense. Felipe Melo, na sobra, acumulava desarmes.

Próximos jogos
O São Paulo volta a campo no próximo domingo, no jogo de volta da semifinal do Paulistão diante do Palmeiras. A partida será no estádio Allianz Parque, em São Paulo, às 16h.
Já o Palmeiras tem compromisso antes desse duelo. A equipe joga na próxima terça-feira (2 de abril), para enfrentar o San Lorenzo pela Libertadores. O jogo será às 19h15, em Buenos Aires, na Argentina.
Adalberto Leister Filho, do R7

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial