Exposição no Congresso Nacional destaca produtos inovadores desenvolvidos no Sesi e no Senai

Os visitantes e o público interno do Congresso Nacional, em Brasília, estão conhecendo, desde a última terça-feira, a exposição SESI SENAI Pelo Futuro do Trabalho, montada no Salão Negro. A mostra apresenta produtos inovadores desenvolvidos em escolas e centros tecnológicos do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). As instituições, que foram fundamentais na industrialização do Brasil nos anos 1940, têm agora a missão de formar os profissionais que vão inserir o país na Indústria 4.0.
A exposição apresenta, por exemplo, o Flatfish, robô submarino desenvolvido pelo Instituto SENAI de Inovação em Automação em parceria com a Shell e o Instituto Alemão de Robótica e Inteligência Artificial (DFKI). Primeiro protótipo do tipo desenvolvido no Brasil, o veículo autônomo realiza inspeções de dutos de petróleo e gás em águas profundas.
Está exposto também o sistema inteligente de monitoramento de barragens, desenvolvido pelo Instituto SENAI de Inovação em Sistemas Embarcados em parceria com a empresa Dona Francisca Energética. O equipamento automatiza o gerenciamento da operação e manutenção de barragens, o que torna o processo mais confiável, facilitando a tomada de decisões.
Na exposição, será possível saber como funciona o Guidoo, plataforma digital que acompanha hábitos alimentares, atividade física e relacionamentos para promover a saúde e o bem-estar dos usuários. Entre suas funcionalidades estão sessões de coaching de forma virtual, assim como grupos de desafios com metas de alimentação e exercícios. O produto foi desenvolvido pelo Centro de Inovação SESI em Tecnologias para a Saúde, que realiza pesquisas e oferece consultorias ao segmento, responsável por cerca de 10,5% do Produto Interno do Bruto (PIB).
Estão expostos ainda outros seis produtos desenvolvidos na rede de 26 Institutos SENAI de Inovação, de 58 Institutos SENAI de Tecnologia e nos oito Centros de Inovação do SESI distribuídos pelos país.
“O SESI e o SENAI foram decisivos na industrialização do Brasil e se mantêm essenciais neste momento em que a adoção de novas formas de produção, com uso das tecnologias digitais, terá impactos relevantes no desenvolvimento econômico das nações”, afirma o diretor-geral do SENAI e diretor-superintendente do SESI, Rafael Lucchesi. “As instituições do Sistema Indústria são trunfos do Brasil nessa agenda, pois possuem atuação de excelência e já estão preparadas para dar apoio às empresas e formar as pessoas que vão levar o país a dar um salto tecnológico.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial