PÉROLAS DO VESTIBULAR!

Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigênio. (Será que foi morto por tentar vende-lo)
O nervo ótico transmite idéias luminosas ao cérebro. (Ah! por isso surgiu o iluminismo e depois ninguém mais teve idéias?)
O vento é uma imensa quantidade de ar. (Aff, eu pensava que era um sopro das arvores)
O terremoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas. (Deve ser algum grupo afiliado ao MST)
Os egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor. (É verdade por que depois que morre é que se vive melhor. Eita Celebro!!!)
Péricles foi o principal ditador da democracia grega. (Por isso é que existe a democracia para ser governada por um ditador… Vixe essa foi F…)
O problema fundamental do terceiro mundo é super abundância de necessidades. (O animal que escreveu isso deve ter raciocinado com a própria abundância e não com o cérebro.)
O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro d’água. (Correto, nessa época não existia homem bomba que explodia a bomba e não morria).
A principal função da raiz é se enterrar. (Como!)
A Igreja, ultimamente, vem perdendo muita clientela. (Pra quem??? E de quem é a culpa???.)
O sol nos dá luz, calor e turistas. (E onde não tem sol não tem turistas…).
As aves têm na boca um dente chamado bico. (O tal dente é o de cima ou de baixo.)
A unidade de força é o Newton, que significa a força que se tem que realizar em um metro da unidade de tempo, no sentido contrário. (Misericórdia Senhor.)
Lenda é toda narração em prosa de um tema confuso. (Entendeu né? Todo discurso de político é uma lenda.)
A harpa é uma asa que toca. (E o que é um Trombone de Vara…)

Diário de um cearense na Suíça
(Leia e não ria. Se puder…)
12 Agosto – Hoje me mudei para minha nova casa na Suíça. Um chalé porreta nos Alpes. Que paz! Tudo aqui é tão bonito e silencioso. Os Alpes são tão majestosos. Quase que não posso esperar para vê-los cobertos de neve. Que bom haver deixado para trás o calor, a umidade, o tráfego, a violência, a poluição e aqueles brasileiros mal educados. Isto sim é que é vida!
14 Outubro – A Suíça é o lugar mais bonito que já vi em minha vida. As folhas passaram por todos os tons de cor entre o vermelho e o amarelo. Que bom ter as quatro estações. Saímos a passear pelos bosques e, pela primeira vez, vi um cervo. São tão ágeis, tão elegantes, é um dos animais mais vistosos que jamais vi. Suíça é mesmo um paraíso. E pensar que sofri tanto tempo naquele inferno que é o Ceará…
11 Novembro – Logo começará a temporada de caça aos cervos. Não posso imaginar como alguém pode matar uma dessas criaturas de Deus. Está esfriando e praticamente já chegou o inverno. Espero que neve logo. Isto sim é que é vida!
2 Dezembro – Ontem à noite nevou. Que alegria! Despertei e encontrei tudo coberto de uma camada branca. Parece um cartão postal… Estava tão contente que rolei nela e logo tive uma batalha de bolas de neve com os vizinhos (eu ganhei). Que bonita a neve! Parecem bolas de algodão espalhadas por todos os lados. Que lugar bonito! Suíça sim é que é vida.
12 Dezembro – Ontem à noite voltou a nevar. Que encanto! Saí novamente para tirar a neve dos degraus e a passar a pá na entrada e, quando a niveladora de neve passou na rua, tive que voltar a passar a pá para tirar a neve…
19 Dezembro – Ontem voltou a nevar. Saí de casa para tirar a neve e a niveladora voltou a sujar a entrada, mas bom… que vamos fazer? De toda maneira, são os ossos do ofício de quem mora num cartão postal.
22 Dezembro – Ontem à noite nevou muito, outra vez. Não pude limpar a entrada por completo porque, antes que acabasse, já havia passado a niveladora; assim, hoje, não pude ir ao trabalho. Estou um pouco cansado de passar a pá nessa neve. Droga de niveladora! Mas, que vida!? Isso não acaba não?
25 Dezembro – Feliz Natal … Aqui não para de cair esta merda branca. Já tenho as mãos cheias de calos por causa da pá. Creio que a niveladora me vigia da esquina e espera que eu acabe de tirar a neve com a pá, para então passar. Vá pra puta que pariu! Se pego o filho da puta que dirige essa niveladora, juro que o mato.
27 Dezembro – Ontem à noite caiu mais essa merda branca. Já são três dias direto que não saio. Não faço mais nada , senão passar a pá nessa porra de neve, depois que passa a bosta da niveladora. Não posso ir a lugar algum. O carro está enterrado debaixo de uma montanha de merda branca. Não entendo porque não usam mais sal nas ruas, para que se derreta mais rápido este gelo de merda. O noticiário disse que esta noite vai cair mais 20 centímetros desta merda. Não acredito, não! Pense !
31 Dezembro – O idiota do noticiário se equivocou outra vez. Não foram 20 centímetros de neve… caiu quase 1 metro dessa merda! Ninguém pôde sair para comemorar o ano novo. Agora, resulta que a niveladora quebrou perto daqui, e o filho da puta do motorista veio me pedir uma pá emprestada. Ah, macho descarado! Disse a ele que já tinha quebrado 6 pás limpando a merda que ele me havia deixado diariamente. Quase quebrei a pá na cabeça dele. Arre Éééguaaa, que bosta!
4 Janeiro – Ao fim, hoje consegui sair de casa para ir ao supermercado No caminho, fui desviar de um cervo que se meteu na frente do carro, e bati numa árvore. PQP! O conserto do carro vai me sair por uns três mil francos suíços. Esses veados deviam ser envenenados. Antes os caçadores tivessem acabado com essa raça ano passado. A temporada de caça deveria durar o ano inteiro!
15 Março – Escorreguei no gelo que ainda há neste lugar e quebrei uma perna. Ontem à noite sonhei estar em Canoa Quebrada, no Mucuripe vendo as jangadas, Praia do Futuro etc etc, tomando uma cerva gelada debaixo daquele sol, me refrescando na brisa e mergulhando no mar, ao som de um forró bem tocado. Quero vender esta casa para sair já desta merda!
22 Abril – Quando me tiraram o gesso, levei o carro ao mecânico. Ele disse que o conserto ia ficar o dobro, pois o assoalho estava todo enferrujado, culpa do sal de merda que jogaram nas ruas para derreter a merda branca. Será que esses cornos não têm outra forma de derreter o gelo?
3 Maio – Hoje consegui vender a casa para um corno de um suíço. Graças a Deus poderei sair deste fim de mundo frio e solitário. Amanhã volto para o meu Ceará. Muito calor, tráfego, poluição, comer sarapatel, mas acima de tudo vou ver o sol, coqueiros, calango passando pelos meus pés, terra de gente boa e hospitaleira. Aquilo sim é que é vida! PQP, estou de volta!Nem acredito!
TE AMO, FORTALEZA!

O PODER DO BEIJO
Vinha pela estrada uma caravana de motociclistas fortes, bigodudos em suas poderosas motos, quando de repente eles veem uma garota a ponto de saltar de uma ponte a um rio.
Eles param e o líder deles, particularmente corpulento e de aspecto rude, salta, se dirige a ela e pergunta:
– Que diabos você está fazendo??
– Vou me suicidar– Responde suavemente a delicada garota com a voz cadenciada e ameaçando pular.
O motociclista pensa por alguns segundos e finalmente diz:
– Bom, antes de saltar por que não me dá um beijo?
Ela acena com a cabeça, bota de lado os cabelos compridos encaracolados e dá um beijo longo e apaixonado na boca do motociclista parrudão.
Depois desta intensa experiência, a gangue de motoqueiros aplaude, o líder recupera o fôlego, alisa a barba e admite:
– Este foi o melhor beijo que me deram na vida. É um talento que se perderá caso você se suicide. Por que quer morrer?
– Meus pais não gostam que eu me vista de mulher!!!…
….(parece que o caso terminou classificado como homicídio e não suicídio)

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial