Inaugurada a Central de Imprensa Joacir Oliveira no Maior São João do Mundo

Em solenidade realizada na noite desta terça-feira (18), foi inaugurada a Central de Imprensa Joacir Oliveira do Maior São João do Mundo, localizada no prédio do Centro Cultural Lourdes Ramalho, uma homenagem merecida ao comunicador carinhosamente chamado de “Cabeção”. A escolha do homenageado foi feita pelo prefeito Romero Rodrigues.
Durante a inauguração da Central, Joacir Filho, que foi assassinado recentemente, também recebeu homenagem dos familiares, autoridades e amigos. Maria José dos Santos (Menininha), afirmou que, “a homenagem é justa, Joacir merece, como também meu filho. Só tenho que agradecer ao prefeito Romero Rodrigues e dizer obrigada a todos.”
O padre Edjamir, da Paróquia Sagrado Coração abriu o evento com a oração do Pai e Nosso. Marcos Alfredo, coordenador de Comunicação da Prefeitura Municipal, destacou a atividade profissional de ‘Cabeção’ e a sua capacidade de fazer amigos, que é um legado que deixou para todos nós.
A presidente da Câmara de Vereadores, Ivonete Ludgério, lembrou com saudade a alegria de Joacir, e que da sua emoção pelo reencontro com os seus familiares, afirmou que conheceu ‘Cabeção’ quando era menina. Ela lamentou a morte Joacir Filho e desejou paz e vida longa para todos.
Cléber Oliveira representou a família, agradeceu a Romero Rodrigues pela sensibilidade da homenagem ao irmão que foi tirado do convívio familiar de forma cruel e covarde.
Ele acrescenta que, “meu pai também passou pelo palco do Maior São João do Mundo e isso me dá muita satisfação. Agradeço as manifestações de carinho ao meu pai, que dedicou toda a sua vida aos filhos. ‘Cabeção’ era irreverente, desafiador e ousado. Aos 10 anos estreiou como ator mirim. Era boêmio, mas, sempre foi estudioso. Amava Campina Grande e apreciava uma boa cachaça sempre na companhia dos amigos Nelson e Altemar. Ele nos ensinou a ter fé e que tudo vai dá certo”.
Em sua fala, Bruno Cunha Lima afirmou que, “venho a esta homenagem na condição de amigo da família e sempre admirei Joacir e estou irmanado no sentimento de revolta e de dor com a morte brutal de Joacizinho”.
Bruno lembrou o trabalho de Cleber nas suas campanhas eleitorais, da vocação de Joacir em fazer amigos. E que a homenagem é mais do que justa e merecida. Ele terminou lendo o Salmo 127 que fala que ‘os filhos são herança do Senhor’ e que Joacir partiu, no entanto deixou as suas flechas, os filhos.
A homenagem foi encerrada com Fabiano Guimarães cantando a música Naquela Mesa e Amigo.
A solenidade contou com a presença de Bruno Cunha Lima, representando Romero Rodrigues, da presidente da Câmara dos Vereadores, Ivonete Ludgério, do secretário de Agricultura, Renato Gadelha, de Marcos Alfredo, Coordenador de Comunicação, dos jornalistas Antônio Nunes, William Monteiro, Josusmar Barbosa, Astrogildo Pereira, João Pinto, Fernando Firmino, e os filhos do homenageado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial