Mesmo com Geromel expulso, Grêmio se impõe e abre vantagem sobre Libertad nas oitavas

Buscando uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores, o Grêmio recebeu o Libertad, em Porto Alegre. Com a bola rolando, muita insistência e domínio gremista, principalmente na primeira etapa. Na volta do intervalo, com a expulsão de Geromel, o Tricolor teve dificuldade, mas mostrou raça e, com gols de Tardelli e David Braz, tratou de garantir a vitória gaúcha: 2 a 0.
Com o triunfo, a equipe comandada por Renato Portaluppi pode até perder por um gol de diferença na partida de volta, que acontece na próxima semana em Assunção, que segue adiante na competição continental.

Grêmio pressiona, mas não marca
Como era de se esperar, o Grêmio tomou a iniciativa da partida. Logo aos dois minutos, a bola cruzou a área paraguaia e chegou até Everton Cebolinha, que limpou a marcação e bateu firme. Martín Silva foi no canto e fez grande defesa.
O time da casa era o dono das ações. Os comandados de Renato Portaluppi trocavam passes no campo ofensivo à espera de espaços para invadir a área adversária.
Do outro lado o Libertad buscou neutralizar as investidas e esfriar o ímpeto gremista, mas foi em vão. A pressão gaúcha seguiu. Aos 26, Maicon recebeu na área e chutou para baixo. Martín Silva voou e voltou a salvar os visitantes.
Só o time gaúcho jogou nos primeiros 45 minutos. A blitz foi intensa, mas o time paraguaio usou tudo o que pôde para bloquear a entrada da área e manter o placar zerado. E conseguiu: 0 a 0.

Grêmio é letal com um a menos
Na volta do intervalo, mais do mesmo. Aos dois minutos, depois de lançamento na área do Libertad, a bola se ofereceu para André, que, frente a frente com Martín, finalizou para fora.
Além do prejuízo da oportunidade perdida, o Grêmio sofreu novo baque. Pedro Geromel fez falta dura em Benítez e levou cartão amarelo. Porém, após análise do VAR, a arbitragem voltou atrás e deu cartão vermelho direto para o defensor gremista.
Mesmo com um a menos, o Imortal conseguiu chegar ao ataque. Depois de boa troca de passes na intermediária, Alisson arriscou e Martin Silva bateu roupa. Na sobra, porém, Maicon chutou por cima.
Com a vantagem numérica, naturalmente o time paraguaio passou a sair mais para o ataque. No entanto, a pontaria gringa não estava muito afiada. Melhor para os gremistas, que contaram com a estrela de Diego Tardelli para abrir o placar. Aos 25, após cobrança de escanteio de Alisson, Kannemann desviou e Diego Tardelli completou de voleio para o fundo das redes. Belo gol.
Libertad tentou responder com Bareiro, mas a noite era mesmo do Imortal Tricolor, que decidiu a partida na bola parada. Aos 38, em novo levantamento de Alisson, foi a vez de David Braz subir no segundo andar e resolver o duelo. Gol do Grêmio, o segundo com um jogador a menos em campo.
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
MSN

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial