Flavinha Saraiva conquista medalha de bronze no solo da ginástica

Após cair e ficar de fora do pódio da trave de equilíbrio, a ginasta Flávia Saraiva conquistou nesta quarta-feira (31) a medalha de bronze no solo, a 51ª medalha brasileira da ginástica na história dos Jogos Pan-Americanos. O feito de Flavinha foi obtido após uma apresentação em que foi ovacionada e somou nota 13.766.
Com a nova medalha, a ginasta brasileira deixará Lima com três bronzes no peito, conquistadas nas competições por equipes, no individual geral e no solo.
A medalha de ouro do solo ficou com a atleta canadense Brooklyn Moors (13.900 pontos) e a de prata com a norte-americana Kara Eaker (13.800). A outra brasileira na disputa, Thaís dos Santos, ficou na sétima colocação, com nota de 12.966.
Flávia foi a primeira a competir e levantou o público presente na arena peruana com uma apresentação realizada com uma música animada. Ovacionada, a brasileira cravou todos os saltos realizados e terminou a participação no aparelho com nota 13.766.
Após a nota da brasileira, composta por 5.200 pontos de dificuldade e 8.566 de execução, ser anunciada, a comissão técnica pediu que a nota de Flávia fosse revisada, mas a pontuação foi mantida.
Na sequência, foi a vez da também brasileira Thaís dos Santos entrar em ação no solo. Em um dos saltos, ela deu um passo além do tablado, somou 12.966 pontos e ficou na sétima colocação da disputa no solo.
Após seis das oito apresentações serem concluídas, Flavinha seguia na primeira colocação e já havia garantido o bronze. Ela, no entanto, foi superada pela canadense Brooklyn Moors (13.900) e pela norte-americana Kara Eaker (13.800 pontos), duas últimas a se apresentar.
R7

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial