No dia mundial do pão Sindipan – CG e Aspanep – PB realizam doação de 15 mil pães para instituições filantrópicas

Considerado um dos alimentos mais tradicionais do mundo, o pão se tornou uma iguaria tão variada, popular e consumida, que foi instituído em 2000, em Nova York pela União dos Padeiros e Confeiteiros o Dia Mundial do Pão, celebrado todos os anos no dia 16 de outubro.
Para celebrar a data, o Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria de Campina Grande – SINDIPAN – CG, e a Associação dos Industriais de Panificação, Confeitaria e Massas do Estado da Paraíba – ASPANEP – PB realizaram nesta quarta-feira, uma ação social no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP, onde foram doados 15 mil pães para 17 instituições filantrópicas das cidades de Campina Grande, Lagoa Seca, Lagoa de Roça e Queimadas.
Durante a programação o diretor do SINDIPAN – CG, Vando Medeiros, falou sobre a História do Pão, que surgiu há mais de 6 mil anos, quando os egípcios descobriram a fermentação do trigo. Na época, ele era considerado um alimento básico e um símbolo de poder. Os pães preparados com trigo de qualidade superior eram destinados apenas aos ricos. Os egípcios se dedicavam tanto ao pão que se tornaram conhecidos como “comedores de pão”.
Em seguida, o presidente do Sindicato, Afonso Melo, falou sobre a Ação Social, e entregou os Vale-Pães para as seguintes instituições: Lar da Sagrada Face, do município de Lagoa Seca, Homens de Cristo, da cidade de Lagoa de Roça, Casa do Menino, São Vicente de Paulo, Casa de Recuperação Santa Paulina, a Casa de Apoio Irmãos Samaritanos da Misericórdia Social – ISMI Social, Centro do Idoso, Divina Misericórdia, o Instituto Professor Joaquim Amorim Neto de Desenvolvimento, Fomento e Assistência a Pesquisa Científica e Extensão – IPESQ, Padre Ibiapina, Instituto Paraibano de Combate ao Câncer (IPCCAN), Casa da Criança Dr. João Moura, APAE e Fundação Assistencial da Paraíba – FAP, todas de Campina Grande, a Fundação Casa Tião do Rêgo e a APAE, ambas da cidade de Queimadas.
As instituições receberam entre mil, e quinhentos pães cada uma, que serão distribuídos de forma gradativa por panificadoras associadas ao SINDIPAN- CG e a ASPANEP – PB.
“O grande propósito do SINDIPAN e da ASPANEP ao realizar essa ação, é dar continuidade ao trabalho social que é realizado pelas duas instituições há muito tempo. Começamos no Centro de Campina Grande, na Praça da Bandeira, onde distribuíamos pães com pessoas carentes, e depois da Expopão, ficamos distribuindo dentro da Feira. Mas esse ano, como o evento aconteceu antes do Dia Mundial do Pão, realizamos a ação hoje. E o nosso propósito é ajudar ao próximo, aquelas pessoas que necessitam. E nada melhor que doar pães, porque o pão é um alimento sagrado, e ficamos realizados em repetir o gesto de Cristo, que dividiu o pão, e hoje fizemos isso, ajudando essas 17 instituições, onde o SINDIPAN-CG doou a farinha para o panificador, que completa os ingredientes, fabrica e distribuirá esses 15 mil pães, conforme a necessidade de cada uma Instituição”, explicou Walmir Roberto, diretor do Sindicato.
O Sindicato e a Associação já desenvolvem trabalhos sociais, a exemplo da Campanha do Troco Solidário, onde os consumidores ao fazer suas compras nas panificadoras associadas, depositam o troco numa urna. Durante a 6ª Expopão, a Fundação Assistencial da Paraíba, que mantém o Hospital da FAP, que é referência no tratamento humanizado contra o câncer, em Campina Grande, recebeu R$ 10 mil reais, arrecadados durante a campanha.
Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (83) 3321-2310.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial