Mais de 4 mil famílias de baixa renda recebem moradias em Campina Grande

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, inauguraram, nesta segunda-feira (11), em Campina Grande (PB), mais um empreendimento do programa de habitação popular do Governo Federal. Com aporte de R$ 262,5 milhões da União, o Conjunto Habitacional Aluízio Campos será o lar de cerca de 16 mil pessoas.
Durante cerimônia de entrega das chaves aos novos moradores, Bolsonaro falou sobre a importância da inauguração. “É uma obra antiga, e a prioridade do nosso governo é concluir as obras. A gente fica muito feliz vendo a população, que mais que um endereço, passa a ter dignidade com a casa própria”, disse o presidente.
Para o ministro Gustavo Canuto, a entrega das chaves aos campinenses é mais um exemplo claro de que o Governo está preocupado com a habitação de interesse social, especialmente na região Nordeste. “Já são 245,6 mil moradias entregues este ano em todo o País. Destas, 54,5 mil casas estão no Nordeste, o equivalente a mais de 20%. Só o volume de recursos disponibilizados por meio Orçamento Geral da União (OGU), justamente para atender as famílias que mais precisam, chega a quase R$ 878 milhões na região”, afirma o ministro.
Construído com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil, o Conjunto Habitacional Aluízio Campos tem proporções de um grande bairro. Possui ao todo 4,1 mil unidades habitacionais, sendo 3.012 casas e 1.088 apartamentos avaliados em R$ 61 mil cada.
As casas são do tipo térrea, com 43,34 m², sala para dois ambientes, um quarto para solteiros e um quarto para casal, além de cozinha, banheiro e uma área de serviço externa. Os apartamentos seguem a mesma linha e possuem um pouco a mais de área construída, chegando 48,52 m². Todos são equipados com kits de energia solar.
O Aluízio Campos reservou uma parte de suas moradias a famílias de pessoas com deficiência e com bebês vítimas de microcefalia. O empreendimento tem 70 ruas asfaltadas e duas avenidas com acesso à BR-104. Nas áreas de educação e saúde, foram investidos recursos para a construção de três creches, duas escolas, dois ginásios cobertos, duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e dez praças com academias de saúde.

Mais investimentos
Além das 54.572 casas entregues a famílias na região Nordeste, outras 39.978 unidades habitacionais foram contratadas em 2019. Os valores de investimentos totalizam R$ 5,6 bilhões, incluindo também os recursos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Na Paraíba, somadas as residências entregues este ano e as novas contratações, são 12.680 novas moradias.
Em todo o Brasil, mais de 980 mil pessoas foram beneficiadas com novas casas nos 300 primeiros dias de governo do presidente Jair Bolsonaro. Ao todo, foram entregues 245,6 mil residências em todos os estados e no Distrito Federal, contemplando todas as faixas da iniciativa. Direcionada a famílias que mais precisam, a Faixa 1 tem hoje 235,2 mil unidades habitacionais em construção.
Neste mês de novembro, o MDR destinou mais R$ 359,3 milhões às obras de habitação popular. O aporte é resultado do esforço do Governo Federal para garantir a continuidade de empreendimentos importantes e a manutenção de empregos nas cidades. O volume de investimentos do OGU para a iniciativa já é de R$ 3,7 bilhões em 2019. Os recursos possibilitaram a criação e manutenção de cerca de 76 mil postos de trabalho no País.
MaisPB

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial