Stiupb das Espinharas promove Mostra de Arte nesta quarta na luta contra projeto de privatização do saneamento

O Sindicato dos Urbanitários da Paraíba (Stiupb), através do Regional das Espinharas, estará com uma intensa atividade nesta quarta-feira, 20, na cidade de Patos, na I Mostra de Arte dos Trabalhadores da Cagepa Espinharas, dando continuidade à luta da entidade para combater o Projeto de Lei 3261/2019 que objetiva privatizar as empresas de saneamento público, a exemplo da Cagepa.

As atividades da Mostra que tem como tema: “Não ao PL 3261. O Sertão em defesa do saneamento público e de qualidade”, começarão às 7h30 da manhã, na Praça Edvaldo Mota, na concha acústica, com apresentações artísticas e exposição fotográfica. O poeta Misael Nóbrega, que é funcionário da Cagepa, fará declamações, abrilhantando assim o evento.

Cícero Duarte, diretor do Stiupb nas Espinharas, informou que haverá apresentação cultural por parte dos trabalhadores da Cagepa, além da exposição com fotografias mostrando todo o processo de captação da água, passando pela estação de tratamento, até chegar às torneiras das residências das pessoas.

“Nossa intenção é mostrar à sociedade do nosso compromisso, da Cagepa como um todo, de sempre trabalhar pela universalização na distribuição da água, não importando classe social”, afirmou o diretor.

Durante a Mostra estará em funcionamento um posto avançado da Cagepa, na qual as pessoas presentes poderão fazer negociação de débitos, além de tirar dúvidas.

O Stiupb das Espinharas conseguir ainda fazer uma parceria com a Secretaria de Saúde, que estará levando aos presentes ao evento testes de glicemia e prevenção de algumas doenças.

OUTRAS LUTAS – Dias atrás o Stiupb das Espinharas realizou manifestações em Patos contra o Projeto de Lei, não apenas distribuindo panfletos, mas também instalando outdoors em pontos estratégicos.

AUSÊNCIA – O presidente do Stiupb, Wilton Maia, ao tempo em que felicita os diretores das Espinharas, lamenta estar ausente na Mostra, tendo em vista que se encontra em Brasília, juntamente com o diretor Guilherme Mateus, na luta justamente contra o citado PL, que pode ser votado na Câmara dos Deputados ainda neste ano.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial