Atlético vence Corinthians, se garante na elite e esquenta luta por Sul-Americana

Com Cazares protagonista, o Atlético Mineiro venceu um animado duelo em casa contra o Corinthians, por 2 a 1, para se garantir na elite do futebol brasileiro.
Além de acabar com as chances de rebaixamento, os mineiros passaram o Vasco e subiram para a zona de classificação para a próxima Copa Sul-Americana. O Timão luta por Libertadores e ainda depende só dele.

Primeiro tempo animado
O duelo no Horto foi quente. Os primeiros dez minutos nem tanto, mas, quando esquentou… Marquinhos foi o primeiro a dar o trabalho para Cássio aproveitando passe de Jair, e o goleiro defendeu bem. Na sequência, Réver mandou para a rede, mas viu o lance ser anulado por impedimento de Di Santo.
O próprio Jair teve chance de marcar de cabeça, mas não acertou o alvo. José Welison teve oportunidade de arremate, mas tampouco conseguiu acertar a meta.
A partida pegou fogo de vez com um golaço. Marquinhos ajeitou e Cazares soltou uma bomba, no ângulo. Não há nada que Cássio poderia ter feito: 1 a 0.
A resposta corintiana foi quase imediata. Gustagol teve a chance do empate, parou em Cleiton mas, na sobra, o jovem Janderson completou para a rede.
O duelo seguiu animado até o intervalo, com chances principalmente mineiras. Jair foi quem mais se aproximou do segundo gol em cabeçada que parou no poste. Do outro lado, Janderson teve gol anulado.

Cazares segue decisivo
A segunda etapa prometeu ser também animada. Clayson tentou de um lado em chute perigoso, enquanto Cazares colocou Cássio para trabalhar do outro.
Cazares continuava sendo o principal nome atleticano, mas o time perdia a intensidade e a torcida começou a pedir a entrada de Otero. Só que a situação se resolveu sem precisar da entrada de Otero.
Aos 25 minutos, Cazares acabou derrubado por Janderson na área e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Fábio Santos recolocou os mineiros na frente.
A resposta paulistana ao gol foi a entrada de Vagner Love. Do outro lado, Mancini tirou Di Santo para colocar Léo Silva. o Galo recuou, se fechou bem e garantiu presença na elite na próxima temporada.
Foto: Bruno Cantini
MSN

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial