Flamengo atropela o Avaí na despedida do Maracanã em 2019

A despedida do Flamengo diante do seu torcedor antes do Mundial de Clubes da Fifa não poderia ter sido melhor. Nesta quinta-feira, pela 37.ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o campeão fez a festa de quase 60 mil torcedores no estádio do Maracanã ao aplicar 6 a 1 no Avaí.
Com quatro vitórias seguidas e sem perder há 28 jogos – a última derrota foi no dia 4 de agosto, em um 3 a 0 para o Bahia, em Salvador -, o Flamengo chegou aos 90 pontos. Na outra ponta da tabela de classificação, o já rebaixado e lanterna Avaí estacionou nos 19. São 16 rodadas sem vitória.
O gramado do Maracanã apresentava algumas poças d’água por conta da chuva forte que caiu momentos antes do jogo. Mesmo assim, o Flamengo começou em cima do Avaí e quase abriu o placar aos sete minutos. Renê arriscou de fora da área e o goleiro Vladimir espalmou para escanteio.
Aos 11 minutos, a torcida rubro-negra explodiu. Rafinha cruzou, Lincoln dominou e ajeitou para Arrascaeta bater de primeira no canto de Vladimir. O Flamengo não diminuiu o ímpeto após abrir o placar. Na sequência, o uruguaio perdeu boa chance ao chutar por cima e Everton Ribeiro acertou o travessão em cobrança de falta.
O que ninguém esperava aconteceu aos 21 minutos. Lourenço arriscou de fora da área, a bola bateu na trave e nas costas do goleiro César antes de entrar mansamente no gol. Sete minutos depois, Diego recebeu de Rafinha e soltou a bomba para boa defesa de Vladimir.
A pressão rubro-negra era grande. Gabriel finalizou e o goleiro do Avaí mais uma vez espalmou para escanteio. Vladimir voltaria a salvar aos 34 minutos em cobrança de falta do capitão Diego.
Mas o Flamengo voltou a ficar na frente do placar aos 36. Diego bateu colocado, a bola desviou na cabeça de Marquinhos Silva e entrou no ângulo. Dois minutos depois, Gabriel soltou a bomba de fora da área e mandou no cantinho do goleiro, fazendo o seu 25.º gol no Brasileirão.
Logo depois, a torcida presente no Maracanã cantou “Fica, Gabigol”. Aos 46 minutos, o camisa 9 recebeu dentro da área e finalizou cruzado com muito perigo.
A etapa final começou movimentada no Maracanã. Lourenço exigiu boa defesa de César em cobrança de falta aos seis minutos. O Flamengo respondeu com Arrascaeta, mas o chute do uruguaio saiu fraco e facilitou a vida de Vladimir. Aos 11, Lincoln aproveitou sobra e bateu no cantinho do goleiro, ampliando para os donos da casa.
Aos 13 minutos, Gabriel recebeu livre de marcação, mas perdeu grande oportunidade ao finalizar em cima de Vladimir. O Avaí esteve perto de diminuir na sequência. Vinícius Araújo recebeu de Lourenço nas costas da zaga e bateu para boa defesa de César.
O Flamengo diminuiu um pouco o ritmo e passou a valorizar a posse da bola, mas mesmo assim conseguiu marcar mais gols. Após bonita tabela com Diego, Reinier finalizou de bico no cantinho de Vladimir. Na sequência, o goleiro do Avaí fez grande defesa em chute cara a cara com Gabriel.
Empolgada com o futebol apresentado dentro de campo, a torcida cantava nas arquibancadas: “Ô Liverpool, pode esperar, a sua hora vai chegar”. Aos 43 minutos, Rafinha cruzou e Reinier completou de carrinho para dar números finais à partida.
Os dois times se despedem do Brasileirão neste domingo, às 16 horas. O Flamengo enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, enquanto que o Avaí recebe o Athletico-PR, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 6 x 1 AVAÍ
FLAMENGO – César; Rafinha, Thuler, Rhodolfo e Renê; Piris da Motta, Diego e Everton Ribeiro (Willian Arão); Arrascaeta (Gerson), Gabriel e Lincoln (Reinier). Técnico: Jorge Jesus.
AVAÍ – Vladimir; Kunde, Marquinhos Silva e Igor Fernandes; Lourenço, Luanderson (Gabriel Lima), Richard Franco, Wesley (Marcinho) e Ramon; Caio Paulista (Vinícius Araújo) e Jonathan. Técnico: Evando Camillato.
GOLS – Arrascaeta, aos 11, Lourenço, aos 21, Diego, aos 36, e Gabriel, aos 38 minutos do primeiro tempo; Lincoln, aos 11, e Reinier, aos 38 e aos 43 minutos do segundo tempo.
CARTÃO AMARELO – Lourenço (Avaí).
ÁRBITRO – Jefferson Ferreira (GO).
RENDA – R$ 3.401.634,00.
PÚBLICO – 64.648 pagantes (69.090 no total).
LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
Foto: Pilar Olivares / Reuters
Terra

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial