Em nota, Governo da Paraíba diz que colabora com investigações

O Governo da Paraíba emitiu uma nota no final da tarde desta terça-feira (17) sobre a fase da Operação Calvário denominada ‘Juízo Final’ que cumpriu mandado de busca e apreensão no Palácio da Redenção no início da manhã de hoje. Na nota, o governo afirma que a gestão tem colaborado com as investigações.
O governador João Azevêdo (sem partido) e os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado Nominando Diniz, André Carlo Tôrres e Artur Cunha Lima foram alvos de mandados de busca e apreensão nesta sétima fase da Operação. A ação foi autorizada pelo ministro Francisco Falcão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Os agentes cumpriram mandados na Granja Santana, que é a residência oficial do governador da Paraíba, no Palácio da Redenção e no Tribunal de Contas do Estado.
Nota
O Governo do Estado, diante das operações de buscas e apreensões ocorridas nesta terça-feira (17) nas dependências da administração estadual, por conta da Operação Calvário, vem esclarecer que desde o início da atual gestão tem mantido a postura de colaborar com quaisquer informações ou acesso que a Justiça determinar em seus processos investigativos.
MaisPB

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial