Pôr do sol literário comemora aniversário com edição especial

A Confraria Sol das Letras promove, nesta quinta-feita (19), a 68ª edição do Pôr do Sol Literário no Jardim de Academos da Academia Paraibana de Letras. Este ano o grupo completa seis anos de atividades. Nesta edição, o sarau presta homenagem ao escritor, cordelista, ator e artista plástico W. J. Solha, nascido em Sorocaba, mas radicado na Paraíba.
Durante o sarau, haverá a exibição de trechos de filmes, a exemplo de “A Canga”, pelo cineasta Marcos Villar, seguido de um debate com o cineasta Durval Leal. Solha tem vasta produção literária, onde se destacam “A Canga”, “Israel Rêmora” e “Relato do Prócula”. Como ator, participou de filmes como “O salário da morte”, “Fogo morto” e “O som ao redor”.
A abertura terá apresentação do duo violão e clarinete de Uirá Garcia e Daniele Dantas. Depois entrega do troféu “Solito” ao escritor homenageado, com saudação de Helder Moura, presidente da Confraria, seguida de performance literária da jornalista Marjorie Guimarães.
Acontece, ainda, debate sobre as dificuldades que os escritores e editores enfrentam no mercado literário, especialmente no Nordeste, distante do principal polo de difusão da cultura no país. Também terá mostra do artista paraibano Alberto Lacet e performance musical de Arthur Pessoa, da banda Cabruêra.
O Pôr do sol será encerrado com uma sessão líterogastronômica e feira de livros (Livraria do Luiz), com autógrafos de autores paraibanos. O evento conta com apoio da Livraria do Luiz, do Café São Braz e dos projetos culturais Divulga Escritor e Agenda Viva.

Projeto
A confraria Sol das Letras foi criada em novembro de 2013 para estimular a produção, a criação, a divulgação e o debate sobre a literatura paraibana, nos cenários regional e nacional. Já o Pôr do Sol Literário tem se consolidado, em seis anos de atividades ininterruptas, como um dos mais prestigiados eventos da área literária na Paraíba.

Prêmio
No mês de setembro de 2019, a confraria foi homenageada pelo Gecimp (Grupo de Estudos e Pesquisa em Memória e Patrimônio), da Universidade Federal da Paraíba, durante o l Seminário sobre Cultura, Informação, Memória e Patrimônio, como um dos grupos que mais se destacaram nos últimos no exercício de divulgação da cultura paraibana, com a criação do Pôr do Sol Literário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial