Justiça condena acusados de matar Higor Nathan

Os três acusados de envolvimento no assassinato de Higor Natan Borges, ocorrido em 7 de outubro de 2014, foram condenados, nessa quarta-feira (18), pelo 2º Tribunal do Júri da Capital. O julgamento começou pela manhã e a sentença só saiu por volta da meia-noite.

Rafael Nunes Monteiro, acusado de ser mentor e executor do crime, foi condenado a 21 anos de prisão. Segundo o Ministério Público, Rafael teve um relacionamento com a namorada de Higor e esta seria a motivação do assassinato.

Havid José Pereira Lins, que teria levado Rafael ao local do crime, foi condenado a 20 anos de prisão. Já Francisco José Oliveira da Silva, acusado de ter dado apoio à fuga de Rafael, foi condenado a 19 anos.

Higor Natan Borges foi morto a tiros no momento em que chegava em casa, no bairro dos Bancários, em João Pessoa.

Portalcorreio

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial