Casal encontrado morto mantinha relação extraconjugal, diz Polícia Civil

O casal encontrado morto, nesta quinta-feira (09), no município de Puxinanã, Agreste do Estado, mantinha um relacionamento extraconjugal que foi descoberto há três dias pelo marido de Jucilene Oliveira, morta por Jonas Mariano, que tirou a própria vida em seguida.
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Kelsen Vasconcelos, ao descobrir a traição, o marido de Jucilene pediu que a mulher encerrasse o caso com o colega de trabalho. A vítima, então, terminou o relacionamento, mas o suspeito não aceitou. Ao Portal MaisPB, Kelson disse que Jonas começou a dizer que iria se matar.
“Ele foi até a casa dela, disse que queria se despedir porque iria se matar. Mas ao chegar, ele atirou em Jocilene e se matou em seguida”, explicou.
Ainda conforme o delegado, na casa há sinais de luta corporal – o que indica que, após ter sido atingida, a mulher tentou se defender.
Apesar de descobrir o caso da esposa, o marido da vítima não é suspeito de cometer o crime. “Pelo fato dele trabalhar durante a noite e por toda a dinâmica do caso, ele não está implicado, até agora. Tudo indica que foi Jonas”, revelou Vasconcelos.
As investigações em andamento devem dar mais informações sobre a ocorrência, além de descartar ou comprovar o envolvimento do marido de Jocilene.
MaisPB

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial