Fluminense goleia o Bangu e segue 100% na Taça Guanabara

Mesmo com uma escalação muito modificada, o Fluminense manteve o bom início de campeonato e goleou por 5 a 1 o Bangu, neste domingo, em Moça Bonita. Com o resultado, os tricolores chegaram a nove pontos, na liderança do Grupo B da Taça Guanabara. Já os banguenses, com apenas dois, ficam mais distante de uma vaga nas semifinais do primeiro turno do Campeonato Carioca.
O primeiro tempo foi mais equilibrado. O Fluminense abriu o placar com Luccas Claro, mas viu o Bangu empatar com Juliano. Ainda na etapa inicial, os tricolores chegaram ao segundo gol, novamente com Luccas Claro. No segundo tempo, os visitantes decretaram a goleada após gols de Yago Felipe, Fellipe Cardoso e Gabriel Capixaba.
Na próxima rodada, o Fluminense terá o clássico contra o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã. No mesmo dia, o Bangu recebe o Volta Redonda, em Moça Bonita.
O Fluminense começou a partida em alta velocidade e quase abriu o placar logo aos quatro minutos. Miguel deu belo passe para Lucas Barcellos na área, mas o atacante errou a finalização e mandou pela linha de fundo.
No entanto, aos oito minutos, os tricolores marcaram em Moça Bonita. Miguel cobrou escanteio e Luccas Claro cabeceou para a rede.
Somente aos 32 minutos, o Flu ao empate. Octávio foi lançado na área e acabou derrubado por Digão. O árbitro marcou pênalti, cobrado com categoria por Juliano.
O revés fez o Fluminense acordar. Tanto que os tricolores voltaram a ficar a frente no placar aos 37 minutos. Após cobrança de falta na área, Luccas Claro apareceu sozinho e cabeceou para a rede.
No segundo tempo, o Fluminense não permitiu que o Bangu tentasse uma pressão e ficou com a posse de bola. Com postura ofensiva, os tricolores criaram ótima chance aos quatro minutos, com Matheus Alessandro, mas o atacante chutou em cima de Matheus Inácio.
Os visitantes seguiram melhores em campo e quase marcaram o terceiro aos 17 minutos. Miguel cobrou falta com categoria e acertou a trave.
O Bangu chegou a equilibrar a partida após a parada técnica, mas viu o Fluminense ampliar o marcador aos 30 minutos. Em avanço rápido, Yago Felipe foi lançado na área e tocou na saída de Matheus Inácio.
O revés foi sentido pelos donos da casa. Tanto que aos 36 minutos, o Fluminense chegou ao quarto gol em Moça Bonita. Miguel tocou para Fellipe Cardoso na área. O zagueiro tentou proteger a bola, mas o atacante foi esperto e conseguiu tocar para a rede.
Os tricolores não diminuíram a velocidade e marcaram o quinto gol aos 44 minutos. Gabriel Capixaba aproveitou cruzamento e cabeceou para a rede para dar números finais em Moça Bonita

FICHA TÉCNICA:
BANGU 1 X 5 FLUMINENSE
Local: estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 26 de janeiro de 2020, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Corrêa e Guilherme Vogas Tavares
Renda: R$ 111.300,00
Público: 4.436 pagantes
Cartões amarelos: Michel e Rodrigo Yuri (Bangu); Digão e Matheus Alessandro (Fluminense)

GOLS
BANGU: Juliano, aos 32min do primeiro tempo
FLUMINENSE: Luccas Claro, aos 7 e 37min do primeiro tempo; Yago Felipe, aos 30min do segundo tempo; Fellipe Cardoso, aos 36min do segundo tempo; Gabriel Capixaba, aos 44min do segundo tempo
BANGU: Matheus Inácio; Raúl, Michel, Rodrigo Lobão, Dieyson; Sidney (Rocha), Rodrigo Yuri, Juliano, Alex Chander; Octávio (Mariano) e Washington (Juan Felipe)
Técnico: Eduardo Állax
FLUMINENSE: Muriel, Igor Julião, Digão, Luccas Claro e Orinho; Henrique, Yago Felipe (Gabriel Capixaba) e Dodi; Matheus Alessandro, Lucas Barcelos (Fellipe Cardoso) e Miguel (Matheus Pato)
Técnico: Odair Hellmann
Foto: ALEXANDRE DURÃO / Estadão
Terra

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial