Módulo espacial Soyuz volta à Terra após astronauta americana bater recorde no espaço

O módulo espacial Soyuz MS-13 aterrissou em segurança nesta quinta-feira (6) com três astronautas a bordo – Cristina Koch, Alexander Skvortsov e Luca Parmitano –, informou a Agência Espacial Norte Americana (Nasa).
A americana Christina Koch voltou à Terra após passar 328 dias em órbita, um recorde de maior tempo no espaço da história feito por uma astronauta.
Ela estava acompanhada do comandante da Soyuz, o astronauta russo Alexander Skvortsov e do italiano Luca Parmitano, da Agência Espacial Europeia (ESA). Skvortsov e Parmitano estiveram 201 dias no espaço.
A aterrissagem foi em uma área remota de Zhezkazgan, na região de Karaganda, no Cazaquistão.

Mulher no espaço
De acordo com a Nasa, a missão de Koch poderá permitir que cientistas pesquisem os efeitos da baixa gravidade no corpo feminino. Os resultados poderão ajudar a Nasa a desenvolver melhor o programa Artemis, para enviar pessoas à Lua, e para se preparar para a exploração humana em Marte.
Koch completou 5.248 órbitas em volta da Terra e uma jornada de 139 milhões de milhas, o que equivale a 291 viagens da Terra à Lua.
Ao longo de 11 meses de sua estadia, ela liderou seis caminhadas espaciais. Entre elas, a primeira feita só por mulheres.
Em sua página no Twitter, Koch publicou uma foto da Terra antes de aterrissar e escreveu que sentirá falta da beleza única do Planeta Terra.

Foto: Sergei Ilnitsky/Pool via Reuters
G1

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial