Palmeiras supera Tigre na Argentina e estreia com vitória na Libertadores

O Palmeiras foi mais um brasileiro a estrear com vitória na Copa Libertadores da América. Jogando fora de casa, o Verdão foi até a Argentina para encarar o Tigre e, com certa tranquilidade, venceu pelo placar de 2 a 0.
A vitória garante os primeiros três pontos do Palestra na competição continental. Na próxima rodada, o time de Vanderlei Luxemburgo vai encarar o Guarani, do Paraguai, equipe que eliminou o Corinthians na fase preliminar do torneio.

Palmeiras sai na frente
Com uma formação mais ofensiva, o Palmeiras deu indícios de que não iria para a Argentina para se defender. E assim foi. Ao menos nos primeiros minutos de partida.
Tanto que aos 15 minutos, Gabriel Menino recuperou bola pelo meio e buscou Dudu próximo da área. O atacante foi desarmado, mas a sobra se ofereceu para Willian, que serviu Luiz Adriano. O camisa 10 alviverde, com extrema categoria, ajeitou para a perna direita e bateu colocado, sem chances para Marinelli. Verdão na frente.
Parecia que o time de Vanderlei Luxemburgo teria vida fácil no Monumental de Victoria, mas não foi bem assim. Com a vantagem no marcador, o Palestra se acomodou e passou a esperar seu adversário no campo de defesa.
O Tigre, por sua vez, apesar de ter tido campo para jogar, não conseguiu ser incisivo no último terço. Em sua melhor chance, aos 33, Melivillo apareceu pela esquerda e bateu cruzado, levando perigo à meta do goleiro Weverton.

Expulsão facilita e Verdão garante triunfo na estreia
A volta do intervalo foi animada em solo argentino. Logo aos quatro minutos, Morales recebeu cruzamento na grande área e cabeceou forte. A bola passou por cima do gol.
O Palmeiras não demorou para dar sua resposta. Dudu deu um lindo chapéu no ataque e tocou para Ramires. O volante chutou forte e acertou o travessão do Tigre. Quase o segundo.
O que já era ruim para os argentinos ficou ainda pior aos 15, quando Acuña deu um pisão em Rony e foi expulso. Com um jogador a mais, o Verdão teve sua vida ainda mais facilitada.
Com a vantagem numérica, bastaram cinco minutos para o time de Luxemburgo ampliar. Rony recebeu de Dudu pela esquerda, encarou a marcação e passou para Willian, que arrumou para canhota e bateu bonito, ampliando o placar e dando números finais à partida.
Foto: Divulgação Conmebol

MSN

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial